FUNDADO EM 05 DE OUTUBRO DE 1922





DIRETR
EDUARDO COSTA


13-6-2017, S. ROQUE
S. Roque> Instituição garante que a octogenária se ausentou sem comunicar
UTENTE DE LAR SOZINHA NO POSTO MÉDICO INDIGNOU

A instituição declina responsabilidades e alega que a mulher, de 80 anos, saiu do lar sem pedir autorização.


Diana Cohen

Uma utente de um lar em S. Roque compareceu, sozinha, no centro de saúde desta freguesia para ser atendida em consulta aberta, o que revoltou algumas pessoas que se encontravam no posto médico. O lar garante, no entanto, que a octogenária fê-lo sem comunicar nada à instituição, recusando por isso responsabilidades.

“A senhora estava sozinha, triste e a chorar por não ter ido ninguém do lar com ela para lá e eu tive muita pena dela”, contou uma testemunha, que quis manter o anonimato.

De acordo com a mesma testemunha, a utente, que se queixava de dores nas costas, foi para o centro de saúde pelas 06h45 esperar que fosse atendida, o que acabaria por não acontecer, uma vez que o seu caso não foi considerado prioritário.

A diretora da instituição, que, naquela manhã, parou no centro de saúde quando se dirigia para o lar, deparou-se com uma situação desagradável. “A senhora já tinha uma consulta marcada para os próximos dias, mas não queria esperar e já andava a dizer há muito tempo que ia para o centro de saúde de manhã cedo e, como eu já desconfiava que iria mesmo fazê-lo, passei no posto médico, onde fui confrontada por uma pessoa a chamar-me a atenção com uma certa má educação”, descreveu.

“A senhora não obedece aos nossos pedidos e chamadas de atenção. Foi porque quis ir, pelo próprio pé e sem dizer nada a ninguém”, referiu ainda a dirigente, que, segundo contou, levou a utente de volta para a instituição, relembrando-a que as saídas têm de ser autorizadas.

“As pessoas às vezes não estão equilibradas e quem está do lado de fora entende e interpreta as situações de maneira errada, o que dá uma imagem à instituição que é falsa. Fazemos um esforço para que não falte nada às pessoas, para as atender, e depois somos injustamente acusados”, lamentou a responsável.


 




OUTRAS
S. ROQUE
9-10-2017»  Dedicação de “cuidador e tratador de jardins” de Bustelo reconhecida
5-9-2017»  “QUEREMOS MELHOR QUALIDADE DE VIDA PARA OS SANROQUENSES”
5-9-2017»  AMARO SIMÕES QUER CONTINUAR A SERVIR S. ROQUE
5-9-2017»  BATATAS COM FORMATO ENGRAÇADO SURPREENDEM
11-7-2017»  PROFESSOR DOOU O SEU ESPÓLIO LITERÁRIO À ASSOSIAÇÃO ‘A CHAMA’
11-7-2017»  “DESORÇAMENTAÇÃO DA ZONA INDUSTRIAL É UM CRIME”
26-6-2017»  TEU SPOT: eu Spot: “O CÉU É O LIMITE”
20-6-2017»  HOMENAGEM DA ESCOLA EMOCIONA ÂNGELO AZEVEDO
6-6-2017»  JUNTA DE FREGUESIA REQUALIFICA ESPAÇO CENTRAL DE S. ROQUE
9-5-2017»  PENA SUSPENSA PARA MÉDICO



PESQUISA




Estatuto Editorial O Correio de Azeméis, no cumprimento duma obrigação legal, renova o conteúdo do seu Estatuto Editorial, na mesma linha que orientou as décadas que leva de publicação ininterrupta, de colocar os verdadeiros interesses do con­celho de Oliveira de Azeméis como sua prioridade inquestionável, não se misturando com os interesses de grupos, nomeadamente políticos. O Correio de Azeméis renova o com­promisso de respeitar os princípios deontológicos da imprensa e a ética profissional, de modo a não poder prosseguir apenas fins comerciais, nem abusar da boa fé dos leitores, encobrindo ou detur­pando a informação.




REDACÃO:
Edifício Rainha, 8º Piso
3720-232 Oliveira de Azeméis


CONTACTOS:
Telf: 256 04 98 90 * Fax: 256 04 62 63
Tlm: 939628533


Horário Atendimento: 2ª a 6ª - 9:00h / 18:00h
email: geral@correiodeazemeis.pt


Todos os direitos reservados, 2017