FUNDADO EM 05 DE OUTUBRO DE 1922





DIRETR
EDUARDO COSTA


1-8-2017, CARREGOSA
> Tesoureiro da Junta de Freguesia reforça que as associações impulsionam a vila
“CARREGOSA SEMPRE TEVE UM ASSOCIATIVISMO FORTÍSSIMO”

Ciente da pujança e dinamismo do movimento associativo da vila, o tesoureiro da Junta de Freguesia de Carregosa, Marco Azevedo, acredita que o desenvolvimento da freguesia se deve em grande parte às suas coletividades, que diariamente contribuem para levar mais longe o nome de Carregosa.


Filipa Gomes

Carregosa comemorou recentemente 27 anos de elevação a vila, uma data que foi celebrada a preceito na Praça Comendador Fernando Pinho Teixeira, durante os dias 13, 14 e 15 de julho.

A Festa das Coletividades deu cor e brilho ao centro de Carregosa, com momentos de recheados de convívio e animação. No âmbito da iniciativa ‘19 Freguesias, Um Só Coração’ e aos microfones da Azeméis FM, o tesoureiro da autarquia local, Marco Azevedo, salientou a força do movimento associativo, que desempenha um papel fundamental no progresso da freguesia, e que foi o protagonista durante os festejos. “A celebração é feita por quem promove a vila e não é a autarquia nem a junta de freguesia, mas sim as coletividades. Carregosa sempre teve um associativismo fortíssimo, tem crescido muito nos últimos anos em termos de população, o que se deve também às associações que promovem diariamente Carregosa”, referiu.

Sem recursos financeiros para apoiar monetariamente as coletividades, a Junta de Freguesia cede os seus equipamentos e apoia logisticamente todos os eventos, atribuindo, em casos de pontuais, um subsídio a projetos. “Gostaríamos de poder ajudar mais, mas não há recursos para ajudar as associações como elas mereciam”, afirma


Indústria multiplica-se em Carregosa

O dinamismo do tecido empresarial carregosense é também um dos principais potenciadores da crescente fixação de população na freguesia nas últimas décadas. “Carregosa, através das suas empresas, sempre foi um pólo atrativo. Muitas pessoas vieram de outros concelhos nos anos 80 e 90 à procura de emprego e habitação e encontraram em Carregosa o sítio ideal para morar”, explica Marco Azevedo.

Nos últimos anos, a indústria tem vindo a proliferar na vila, graças à remoção de uma variante que estava estruturada no Plano de Diretor Municipal (PDM), que colocava várias barreiras à construção. “Felizmente chegou ao fim um ónus que era um obstáculo à implementação de indústria em Carregosa. Esta limitação perdurou durante mais de 20 anos e impedia a construção de 50 metros para cada lado. Durante muitos anos tivemos essa dor de alma”, afirma.

Atualmente, Carregosa é uma freguesia com “grande capacidade de captação e acolhimento de indústrias, serviços e comércios”, revela Marco Azevedo. “Temos uma zona industrial desafogada e com rápido acesso à autoestrada, o que elevou muito a procura de terrenos e a implantação da indústria”, aponta, dando conta do aparecimento de novas indústrias nos últimos sete anos.

Para que a zona industrial atinja o seu pleno, o tesoureiro da Junta de Freguesia diz que falta a sua infraestruturação. “Os empresários, a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia estão unidos nos esforços para criar condições de acesso para camiões e ligeiros e para o estacionamento”, adianta.


Parque verde digno no horizonte

Com parcos recursos disponíveis, a Junta de Freguesia de Carregosa ocupa-se da limpeza dos espaços públicos no seu território, com cerca de 16 quilómetros quadrados. “Temos pocurado junto do IEFP aproveitar apoios para aumentar o quadro de pessoal sem aumentar despesas”, esclarece, dando conta das várias obras levadas a cabo pela autarquia local ao longo deste ano, como o alargamento de vias e a requalificação de passeios.

A Junta de Freguesia está também comprometida com o parque verde de Carregosa, com cinco  hectares, adquirido durante o mandato de Diamantino Melo. “Este executivo prosseguiu com esta obra e está a tentar colocar o parque verde para os carregosenses. Não há fundos portanto nos últimos anos temos vindo a fazer algumas melhorias sem grandes custos”, afirma, explicando que a despesa da Junta de Freguesia de Carregosa com esta empreitada ronda os quatro mil euros. Isto porque a população tem sido convidada para colocar mãos à obra. “É feito à moda antiga, através de voluntariado de muitos carregosenses que lá vão aos sábados, além dos colaboradores da câmara e da Junta que prestam trabalhos mais pesados”.

Entre outras ações, a Junta de Freguesia promove duas vezes por semana aulas de ginástica sénior, de modo a incentivar o envelhecimento ativo, cedendo também o seu espaço ao GAM Entre Rodas (Gabinete de Apoio ao Munícipe), um serviço de descentralização do município, que se desloca à freguesias para que os fregueses possam resolver os seus problemas sem terem de se dirigir às freguesias. 


 




OUTRAS
CARREGOSA
12-9-2017»  CONSTANÇA MELO ENTENDE QUE HÁ MUITO PARA MELHORAR NA VILA
1-8-2017»  ASSEADA MÁQUINAS CONTINUA A CRESCER
1-8-2017»  EMIGRANTES RECEBIDOS DE FORMA CALOROSA
1-8-2017»  URATE POTENCIA TALENTO DA FREGUESIA
1-8-2017»  COMISSÃO CONQUISTA AS NOVAS GERAÇÕES
1-8-2017»  “VALORIZAMOS A INTERGERACIONALIDADE”
1-8-2017»  ACESMA MANTÉM VIVOS COSTUMES E TRADIÇÕES
1-8-2017»  VALORES E TRADIÇÕES INCUTIDOS AOS MAIS NOVOS
19-7-2017»  A VILA “MAIS BONITA” COMEMOROU 27 ANOS
11-7-2017»  FESTIVAL DA JUVENTUDE INVADIU NOVAMENTE A VILA



PESQUISA




Estatuto Editorial O Correio de Azeméis, no cumprimento duma obrigação legal, renova o conteúdo do seu Estatuto Editorial, na mesma linha que orientou as décadas que leva de publicação ininterrupta, de colocar os verdadeiros interesses do con­celho de Oliveira de Azeméis como sua prioridade inquestionável, não se misturando com os interesses de grupos, nomeadamente políticos. O Correio de Azeméis renova o com­promisso de respeitar os princípios deontológicos da imprensa e a ética profissional, de modo a não poder prosseguir apenas fins comerciais, nem abusar da boa fé dos leitores, encobrindo ou detur­pando a informação.




REDACÃO:
Edifício Rainha, 8º Piso
3720-232 Oliveira de Azeméis


CONTACTOS:
Telf: 256 04 98 90 * Fax: 256 04 62 63
Tlm: 939628533


Horário Atendimento: 2ª a 6ª - 9:00h / 18:00h
email: geral@correiodeazemeis.pt


Todos os direitos reservados, 2017