FUNDADO EM 05 DE OUTUBRO DE 1922

DIRETOR
ANTÓNIO MAGALHÃES

SUB DIRETOR
EDUARDO COSTA


1-8-2017, CARREGOSA
> Centro Social, Cultural e Recreativo de Carregosa quer alargar valências
“VALORIZAMOS A INTERGERACIONALIDADE”

Vocacionado para o apoio à terceira idade e à infância, o Centro Social, Cultural e Recreativo de Carregosa tem atualmente as suas valências lotadas. Proporcionar momentos de partilha e convívio entre as duas gerações é uma das missões da instituição, que sonha alargar as suas respostas sociais para responder aos anseios da população carregosense.


Com cerca de 200 crianças e 40 seniores, a instituição tem-se revelado “estrutural” para o desenvolvimento da freguesia, avança a secretária, Mariza Miranda. “Trabalhamos com capital humano, com afetos, e isso implica que a direção tenha muita consciência do impacto que a nossa ação pode ter nas gerações futuras e também no envelhecimento ativo dos seniores”, explica.

Com as valências lotadas e uma longa lista de espera, a instituição promove o encontro e convívio entre as gerações que serve. “Nós valorizamos a interculturalidade e é para aí que queremos continuar a caminhar. Os seniores e as crianças têm de se encontrar e cabe-nos a nós proporcionar os momentos e pontos de encontro para que isso aconteça”, afirma.

Regendo a sua ação por princípios de “qualidade, rigor e comunicação com os utentes, família e comunidade que o rodeia”, o Centro Social investiu recentemente nas suas instalações, contando com o apoio do Comendador Fernando Pinho Teixeira, da Câmara Municipal e da Junta de Freguesia de Carregosa.

Na mira, a instituição tem também o alargamento da capacidade das suas respostas sociais, sonhando ainda com o nascimento de novas valências que dêem resposta à população mais envelhecida. “Queremos alargar o leque de respostas sociais de que dispomos. Resgatamos um projeto de direções anteriores de criar um Centro de Dia e um Lar de Idosos. É um sonho que tiramos da gaveta para perceber a reação da sociedade civil, mas é um investimento que nos parece ser primordial”, revela a secretária, esclarecendo que a instituição estará atenta a linhas de investimento de candidaturas que possam abrir neste domínio.

No próximo ano letivo, o Centro Social irá apresentar aos pais um novo projeto educativo, de três anos, que “procura resgatar o contacto com a natureza e o exterior e vincular a ligação das crianças à sua comunidade”, adianta Mariza Miranda.

No horizonte está também o ‘Germinarte’, um projeto de formação na área da música para bebés, para o qual a instituição foi selecionada a nível nacional. Trata-se de um projeto certificado pela Fundação Calouste Gulbenkian e levado a cabo pela Companhia de Música Teatral e pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas de Lisboa que promove a formação de técnicos nesta área e que arrancará também no próximo ano letivo. “Queremos abrir a possibilidade a todos os técnicos de Oliveira de Azeméis que tenham vontade de aprofundar os seus conhecimentos nesta área”, destaca.

Com recursos financeiros escassos mas com uma atividade financeira saudável, a instituição promete continuar a gerir-se de forma responsável, contando com a entrega dos seus 42 colaboradores.

Filipa Gomes



 




OUTRAS
CARREGOSA
1-8-2017»  ASSEADA MÁQUINAS CONTINUA A CRESCER
1-8-2017»  EMIGRANTES RECEBIDOS DE FORMA CALOROSA
1-8-2017»  URATE POTENCIA TALENTO DA FREGUESIA
1-8-2017»  COMISSÃO CONQUISTA AS NOVAS GERAÇÕES
1-8-2017»  ACESMA MANTÉM VIVOS COSTUMES E TRADIÇÕES
1-8-2017»  VALORES E TRADIÇÕES INCUTIDOS AOS MAIS NOVOS
1-8-2017»  “CARREGOSA SEMPRE TEVE UM ASSOCIATIVISMO FORTÍSSIMO”
19-7-2017»  A VILA “MAIS BONITA” COMEMOROU 27 ANOS
11-7-2017»  FESTIVAL DA JUVENTUDE INVADIU NOVAMENTE A VILA
27-6-2017»  FLUIDICA PONDERA EXPANDIR PARA ÁFRICA E BRASIL



PESQUISA





REDACÃO:
Edifício Rainha, 8º Piso
3720-232 Oliveira de Azeméis


CONTACTOS:
Telf: 256 04 98 90 * Fax: 256 04 62 63
Tlm: 939628533


Horário Atendimento: 2ª a 6ª - 9:00h / 18:00h
email: geral@correiodeazemeis.pt


Todos os direitos reservados, 2017