FUNDADO EM 05 DE OUTUBRO DE 1922





DIRETR
EDUARDO COSTA


9-8-2017,
> Carolice mantém viva tradição em Fajões desde 1956
“O FOLCLORE VEM DO CORAÇÃO”

Álvaro Rocha é, há 58 anos, um homem de coragem por continuar a manter viva uma paixão que o arrebatou em tenra idade. O presidente do Rancho Folclórico ‘As Ceifeiras de S. Martinho de Fajões’ sente que este é um grupo unido e que leva mais longe a tradição dos seus antepassados, de Fajões e de Oliveira de Azeméis


Com 71 anos, o dirigente do Rancho Folclórico ‘As Ceifeiras de S. Martinho de Fajões’ continua a ter corpo e voz para manter viva a tradição do folclore. “É preciso coragem para andar no folclore e eu ainda sei dar um bocadinho de perna. Gosto muito do folclore e o grupo também, vem do coração”, confessa Álvaro Rocha.

Presidir uma coletividade não é fácil, confessa o dirigente, mas os elementos que tem em seu redor e que considera uma família ajudam a levar o barco a bom porto. “É um prazer enorme estar à frente deste grupo, mas é difícil. Continuamos com a nossa força de vontade, com a nossa amizade, com o nosso sentido de humor a levar a nossa alegria, dos nossos pais, dos nossos avós e dos nossos antepassados por este mundo além”, revela.

Apaixonado desde criança por esta cultura, Álvaro Rocha sente que é tempo de passar o testemunho a Filipa Pinho, uma jovem que milita o rancho há nove anos. “Não duro toda a vida e este ano gostava que esta jovem avançasse e eu ficava como muleta”, adianta.

Embaixador da freguesia e do concelho, o grupo conta já no seu currículo viagens a França, Suíça e Açores. A sede da instituição, localizada na devoluta escola primária do Areal, é motivo de orgulho para o dirigente, graças ao esforço do grupo, da Junta de Freguesia de Fajões e da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis. É este o espaço que alberga os mais de 900 troféus que contam a história desta entidade e que acolhe os ensaios semanais do grupo. Um dos momentos altos da coletividade é a realização do seu festival de folclore (ver caixa)


Filipa Gomes


 




OUTRAS
20-10-2017»  UFOA oferece lettering à cidade
16-10-2017»  Penálti nos descontos ditou derrota
16-10-2017»  Penálti nos descontos ditou derrota
16-10-2017»  Cesarense diz adeus à Taça de Portugal
16-10-2017»  Oliveirense empata o campeão Moreirense
16-10-2017»  Oliveirense vence no Dragão e reparte liderança
16-10-2017»  Bombeiros do concelho chamados para combater incêndios
16-10-2017»  Esgotos correm a céu aberto em Cidacos
16-10-2017»  Siza Vieira deixa marca no centro da cidade
16-10-2017»  Alegada vítima de agressão processa Estado



PESQUISA




Estatuto Editorial O Correio de Azeméis, no cumprimento duma obrigação legal, renova o conteúdo do seu Estatuto Editorial, na mesma linha que orientou as décadas que leva de publicação ininterrupta, de colocar os verdadeiros interesses do con­celho de Oliveira de Azeméis como sua prioridade inquestionável, não se misturando com os interesses de grupos, nomeadamente políticos. O Correio de Azeméis renova o com­promisso de respeitar os princípios deontológicos da imprensa e a ética profissional, de modo a não poder prosseguir apenas fins comerciais, nem abusar da boa fé dos leitores, encobrindo ou detur­pando a informação.




REDACÃO:
Edifício Rainha, 8º Piso
3720-232 Oliveira de Azeméis


CONTACTOS:
Telf: 256 04 98 90 * Fax: 256 04 62 63
Tlm: 939628533


Horário Atendimento: 2ª a 6ª - 9:00h / 18:00h
email: geral@correiodeazemeis.pt


Todos os direitos reservados, 2017