FUNDADO EM 05 DE OUTUBRO DE 1922





DIRETR
EDUARDO COSTA


20-11-2017,
BILHETE POSTAL
Má língua, inveja e outros costumes



Eduardo Oliveira Costa *

António Guterres, o “senhor ONU”,  disse a um jornal britânico que só deixaram de falar mal dele quando saíu do país. Por triste “tradição”, é preciso vencer lá fora primeiro, para ganharmos o direito de vencer cá dentro. Quanto a dizer mal, basta um cidadão ter algum valor, ou começar a ter sucesso para ser atacado com todos os impropérios que o  descredibilizem e, assim, dificultem o seu sucesso.
Jorge Sampaio, ainda presidente da República, disse uma vez que a razão por que os portugueses de valor vencessem lá fora, tinha a ver com a constante necessidade de, cá, terem que olhar por detrás do ombro, o que impedia de seguir em frente.
Lá diz o ditado que só atiramos pedras a árvores com bom fruto. Se a má língua e a inveja são a arma dos fracos, as árvores com mau fruto são como erva daninha.
Amâncio Ortega, o “senhor Zara”, faliu duas vezes antes de ter sucesso. Ninguém lhe fiava uma linha! Horta Osório, o banqueiro português de maior referência internacional, tropeçou a meio da sua maior tarefa, contudo conseguiu recuperar o Lloyds e disse que o valor está naqueles que se levantam depois de cair. O português José Neves, fundador da britânica Farfeth (vendas on-line) fez público há dias que falhou vários empreendimentos antes deste ter sucesso.
Curiosamente (ou não...) estes empreendedores de sucesso internacional tem em comum o facto de não terem “caído” em território português! Se assim fosse, o mais certo era levarem com umas pazadas de lama, para impedir que se levantassem de novo!   


*jornalista, presidente da
Associação Nacional
da Imprensa regional
Eduardo Oliveira Costa*

 




OUTRAS
11-12-2017»  Oliveirense não segurou a vantagem
11-12-2017»  Azagães com plano de atividades e orçamento aprovados
11-12-2017»  Boavista mais eficaz em Cesar
11-12-2017»  Oliveirense mais forte no Cenap
11-12-2017»  Correia & Novo tem nova morada que promete voos mais altos
11-12-2017»  Loureiro entregou taça de campeões no jantar de natal
11-12-2017»  Torneio de Xadrez juntou 44 atletas
11-12-2017»  Caminhada de Natal em Cucujães
11-12-2017»  Azagães com plano de atividades e orçamento aprovados
11-12-2017»  Columbófilos veem pombos a morrer e época em risco



PESQUISA




Estatuto Editorial O Correio de Azeméis, no cumprimento duma obrigação legal, renova o conteúdo do seu Estatuto Editorial, na mesma linha que orientou as décadas que leva de publicação ininterrupta, de colocar os verdadeiros interesses do con­celho de Oliveira de Azeméis como sua prioridade inquestionável, não se misturando com os interesses de grupos, nomeadamente políticos. O Correio de Azeméis renova o com­promisso de respeitar os princípios deontológicos da imprensa e a ética profissional, de modo a não poder prosseguir apenas fins comerciais, nem abusar da boa fé dos leitores, encobrindo ou detur­pando a informação.




REDACÃO:
Edifício Rainha, 8º Piso
3720-232 Oliveira de Azeméis


CONTACTOS:
Telf: 256 04 98 90 * Fax: 256 04 62 63
Tlm: 939628533


Horário Atendimento: 2ª a 6ª - 9:00h / 18:00h
email: geral@correiodeazemeis.pt


Todos os direitos reservados, 2017