FUNDADO EM 05 DE OUTUBRO DE 1922





DIRETOR
EDUARDO COSTA


9-1-2018,
> Homem de 23 anos estaria alcoolizado
Persegue mulher com um machado

Um episódio de violência doméstica que aconteceu no último dia do ano, no lugar de Escravilheira, por pouco não terminou em tragédia. Um homem, de 23 anos, agrediu e perseguiu a mulher com um machado na mão, acabando por ser detido pela GNR, entretanto chamada ao local.


Diana Cohen

Pelas 15h00, o indivíduo, que aparentava estar alcoolizado, terá chegado a casa, iniciando uma discussão com a mulher alegadamente motivada por ciúmes. Uma vez que estava a ser preparada a festa de aniversário da filha do casal, de um ano, na casa encontravam-se ainda outros familiares, que tentaram defender a vítima, mas, quando a situação atingiu contornos mais violentos e o homem pegou num machado, afugentando os presentes e começando a perseguir a mulher com o objeto cortante, houve necessidade de pedir auxílio às autoridades.
“Quando chegaram ao local da ocorrência, os militares do Posto Territorial de Oliveira de Azeméis viram o suspeito a ameaçar a vítima com um machado numa mão, enquanto que na outra mão, ao colo, segurava a sua filha de um ano”, descreveu a GNR. A patrulha “tentou acalmar o suspeito”, ordenando-lhe que largasse o machado, mas, nesse momento, o indivíduo agiu de “forma agressiva”, pontapeando um dos militares e agredindo o outro com soco, pelo que este último necessitou de receber tratamento hospitalar.
Depois de terem sido solicitados reforços, a criança foi retirada, em segurança, ao agressor, não sofrendo qualquer ferimento, e entregue à mãe, que apresentava ferimentos sem gravidade provocados pelas agressões.
O detido foi, depois, presente ao Tribunal de Oliveira de Azeméis para primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido colocada uma pulseira eletrónica para garantir que cumpre a medida de coação de obrigação de afastamento da mulher a uma distância mínima de um quilómetro. Está indiciado de violência doméstica.
A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Oliveira de Azeméis está também a acompanhar este caso.


 




OUTRAS
15-1-2018»  Os mais de 2017
15-1-2018»  Aposta na inovação e qualidade elogiada pelos oliveirenses
15-1-2018»  Obras na Quinta do Barão continuam
15-1-2018»  Nogueira do Cravo respira teatro em janeiro
15-1-2018»  Amor à camisola e união antes do ‘ataque’ da ATEC
15-1-2018»  Ricardo Tavares é o novo presidente da Concelhia do PSD
15-1-2018»  “A violência nunca é uma forma de amar”
15-1-2018»  Sérgio Martins apresenta o ‘Homem + Forte de Portugal’
15-1-2018»  “Perdemos demasiado tempo a fazer estudos”
15-1-2018»  ACD Azagães celebrou duas décadas de vida



PESQUISA




Estatuto Editorial O Correio de Azeméis, no cumprimento duma obrigação legal, renova o conteúdo do seu Estatuto Editorial, na mesma linha que orientou as décadas que leva de publicação ininterrupta, de colocar os verdadeiros interesses do con­celho de Oliveira de Azeméis como sua prioridade inquestionável, não se misturando com os interesses de grupos, nomeadamente políticos. O Correio de Azeméis renova o com­promisso de respeitar os princípios deontológicos da imprensa e a ética profissional, de modo a não poder prosseguir apenas fins comerciais, nem abusar da boa fé dos leitores, encobrindo ou detur­pando a informação.




REDACÃO:
Edifício Rainha, 8º Piso
3720-232 Oliveira de Azeméis


CONTACTOS:
Telf: 256 04 98 90 * Fax: 256 04 62 63
Tlm: 939628533


Horário Atendimento: 2ª a 6ª - 9:00h / 18:00h
email: geral@correiodeazemeis.pt


Todos os direitos reservados, 2018