FUNDADO EM 05 DE OUTUBRO DE 1922





DIRETOR
EDUARDO COSTA


9-1-2018,
Basquetebol> Liga Placard
Oliveirense demolidora na segunda parte

Diante do FC Porto, a Oliveirense deu mais uma demonstração da sua qualidade e provou ser mais um sério candidato ao título. Depois de uma primeira parte equilibrada, a formação de Oliveira de Azeméis partiu para uma segunda parte demolidora e não deu hipóteses de reação à equipa azul e branca.


Ana Catelas

Tal como aconteceu no jogo da primeira volta, no Dragão Caixa, a Oliveirense voltou a vencer o FC Porto num jogo de grande qualidade e emoções fortes sobretudo na segunda parte. Este foi um encontro com duas partes distintas, já que os dois primeiros períodos foram dominados pelo equilíbrio entre os dois conjuntos com o FC Porto a estar na frente do marcador na maior parte do tempo. No segundo período, os forasteiros atingiram a maior diferença no marcador (nove pontos), mas dois triplos de Balseiro reduziram a desvantagem da Oliveirense que, assim, se foi aproximando no marcador. O jogo esteve sempre equilibrado com a Oliveirense a ter várias oportunidades para passar para a frente do marcador, sobretudo da linha de lance livre, mas a eficácia não estava a ser a melhor.
Na segunda parte, a Oliveirense entrou mais forte e o equilíbrio voltou a reinar, sem que nenhuma equipa se conseguisse distanciar no marcador nos primeiros minutos. Contudo, nos últimos minutos do terceiro período a Oliveirense passou para a frente do marcador e sorrateiramente foi avolumando a vantagem, que chegou a ser de dez pontos, graças a uma defesa aguerrida da formação de Oliveira de Azeméis que obrigou o FC Porto a cometer vários turnovers.
A Oliveirense entrou para o derradeiro período com dez pontos de vantagem e com a mesma garra e determinação ampliou para 15 com um tipo de jogo que começou a deixar o FC Porto algo desnorteado. Mais forte defensivamente e com a pontaria mais afinada, a Oliveirense foi mantendo a diferença no marcador e até avolumando até aos 21 pontos de diferença (81-60). O ataque portista não conseguia encontrar soluções para atacar o cesto da Oliveirense e os lançamentos longos também não estavam a funcionar. A cinco minutos do final, três ressaltos ofensivos para a Oliveirense, na mesma jogada entre eles um do jogador mais baixo em campo (José Barbosa), que culminaram com o lançamento triplo de Balseiro, são exemplo da forma como o jogo estava a decorrer nesta fase. À Oliveirense tudo corria bem e a equipa foi ficando cada vez mais galvanizada não só pela margem no marcador, mas também pela exibição dos jogadores e pelas bonitas jogadas que entusiasmavam o muito público presente nas bancadas do pavilhão.

Oliveirense, 81
FC Porto, 66

Oliveirense: Travant Williams (12), Eric Coleman (9), José Barbosa (6), Arnette Hallman (17) e João Balseiro (18).
Jogaram ainda: João Guerreiro (2), Renato Azevedo, Luka Nikolic (7), Raijon Kelly (10), Eduardo Guimarães.
Treinador: Norberto Alves.

FC Porto: Miguel Queiros (2), Marcus Gilbert, Pedro Bastos (10), Will Sheehey (15) e Will Hanley (10).
Jogaram ainda: Pedro Pinto (4), André Bessa, Sasa Borovnjak (12), Miguel Miranda (7), António Monteiro, Ferran Ventura (6).
Treinador: Moncho López.

Pavilhão Dr. Salvador Machado, em Oliveira de Azeméis.
Árbitros: Sérgio Silva (AB Lisboa), Rui Ribeiro (AB Setúbal) e Bruno Maciel (AB Lisboa).
Por períodos: 19-25; 20-16; 26-14; 16-11.
Ao intervalo: 39-41.

 




OUTRAS
15-1-2018»  Os mais de 2017
15-1-2018»  Aposta na inovação e qualidade elogiada pelos oliveirenses
15-1-2018»  Obras na Quinta do Barão continuam
15-1-2018»  Nogueira do Cravo respira teatro em janeiro
15-1-2018»  Amor à camisola e união antes do ‘ataque’ da ATEC
15-1-2018»  Ricardo Tavares é o novo presidente da Concelhia do PSD
15-1-2018»  “A violência nunca é uma forma de amar”
15-1-2018»  Sérgio Martins apresenta o ‘Homem + Forte de Portugal’
15-1-2018»  “Perdemos demasiado tempo a fazer estudos”
15-1-2018»  ACD Azagães celebrou duas décadas de vida



PESQUISA




Estatuto Editorial O Correio de Azeméis, no cumprimento duma obrigação legal, renova o conteúdo do seu Estatuto Editorial, na mesma linha que orientou as décadas que leva de publicação ininterrupta, de colocar os verdadeiros interesses do con­celho de Oliveira de Azeméis como sua prioridade inquestionável, não se misturando com os interesses de grupos, nomeadamente políticos. O Correio de Azeméis renova o com­promisso de respeitar os princípios deontológicos da imprensa e a ética profissional, de modo a não poder prosseguir apenas fins comerciais, nem abusar da boa fé dos leitores, encobrindo ou detur­pando a informação.




REDACÃO:
Edifício Rainha, 8º Piso
3720-232 Oliveira de Azeméis


CONTACTOS:
Telf: 256 04 98 90 * Fax: 256 04 62 63
Tlm: 939628533


Horário Atendimento: 2ª a 6ª - 9:00h / 18:00h
email: geral@correiodeazemeis.pt


Todos os direitos reservados, 2018