FUNDADO EM 05 DE OUTUBRO DE 1922





DIRETOR
EDUARDO COSTA


15-1-2018,
Nog. do Cravo> Associação A Noz promove 1º festival de teatro
Nogueira do Cravo respira teatro em janeiro

Todos os domingos de janeiro, a partir das 15h00, há teatro para ver no salão do Centro Social e Paroquial de Nogueira do Cravo, graças ao 1º Festival de Teatro Fest3Actus, promovido pela associação A Noz.


Já passaram mais de dois anos desde que nasceu o 3 Actus, um grupo de teatro que surgiu com a finalidade de fazer renascer a arte de representar, uma tradição antiga da vila de Nogueira do Cravo. O balanço do percurso trilhado até aqui tem saldo positivo e por isso chegou a hora de o grupo da Associação A Noz subir um novo patamar e organizar o 1º Festival de Teatro de Nogueira do Cravo. “Temos feito várias atuações, tanto em Nogueira do Cravo como no concelho, e não só, e sentimos a necessidade de fazer algo mais”, explica a coordenadora do grupo Ana Maria Guimarães. O grupo anfitrião estreou a peça ‘Onde está o morto?’ no dia 07 de janeiro, um espetáculo que dá seguimento a uma filosofia que o 3 Actus tem fomentado desde a sua criação: proporcionar risos e boa disposição.
Com um público que já se pode chamar “fiel”, o 3 Actus e a Associação A Noz têm boas expectativas para este festival, que vai já a meio. “Temos um público que já é diversificado, na faixa dos 50 para cima mas também mais jovem”, reflete a coordenadora, que afirma que o dia e hora para a entrada em cena das peças não foram escolhidos por acaso. “Escolhemos os domingos à tarde para ir ao encontro desse público. Janeiro é um mês complicado em termos de frio, o sair de casa à noite às vezes não é convidativo e daí a escolha”, justifica.
A associação A Noz fez um esforço acrescido e procurou envolver toda a população da União de Freguesias de Nogueira do Cravo e Pindelo nesta atividade. “Temos a nossa carrinha de nove lugares que vai estar em Pindelo para levar as pessoas que não tenham transporte próprio”, revela o presidente da coletividade, Amílcar Braga, que considera que a associação tem conseguido estreitar cada vez mais os laços com a comunidade nos últimos anos.
No passado domingo o palco foi entregue à Associação de Teatro Experimental do Curval, do Pinheiro da Bemposta, que apresentou a peça ‘Atec ao Ataque!’. Ao palco faltam subir ainda o grupo TEA – Teatro Experimental de Arouca e o Grupo de Teatro Casa do Professor/Universidade Sénior de Vale de Cambra, nos dias 21 e 28 de janeiro, respetivamente.

Filipa Gomes

Teatro precisa de apoios para vingar
Amílcar Braga apelou para que os responsáveis autárquicos olhem para o teatro com outra atenção, sustentando que esta secção da associação tem sobrevivido graças ao “amor à camisola” e devido a “forças e recursos próprios”. “A Noz tem funcionado quase sem apoio nenhuns. As autarquias e as forças vivas da terra devem olhar para estas atividades como uma coisa positiva. Se houvesse articulação entre as entidades autárquicas e os grupos de teatro do concelho e de concelhos vizinhos, podíamos garantir uma programação anual que ajudaria a criar ainda mais públicos para o teatro”, apontou.

 




OUTRAS
13-2-2018»  Marionetas deliciaram crianças
13-2-2018»  Escolas vão ter selo de qualidade
13-2-2018»  Previsão de chuva empurra Carnaval para domingo
13-2-2018»  “Com muita humildade, o nosso objetivo é ser campeão de série”
13-2-2018»  Cucujães muito forte impôs goleada
13-2-2018»  “É uma conquista muito importante para nós”
12-2-2018»  “Flávio das Neves é um treinador com experiência”
12-2-2018»  FC Porto põe UDO fora da Taça
12-2-2018»  Oliveirense venceu o FC Porto no prolongamento
12-2-2018»  Taça escapou num jogo muito disputado



PESQUISA




Estatuto Editorial O Correio de Azeméis, no cumprimento duma obrigação legal, renova o conteúdo do seu Estatuto Editorial, na mesma linha que orientou as décadas que leva de publicação ininterrupta, de colocar os verdadeiros interesses do con­celho de Oliveira de Azeméis como sua prioridade inquestionável, não se misturando com os interesses de grupos, nomeadamente políticos. O Correio de Azeméis renova o com­promisso de respeitar os princípios deontológicos da imprensa e a ética profissional, de modo a não poder prosseguir apenas fins comerciais, nem abusar da boa fé dos leitores, encobrindo ou detur­pando a informação.




REDACÃO:
Edifício Rainha, 8º Piso
3720-232 Oliveira de Azeméis


CONTACTOS:
Telf: 256 04 98 90 * Fax: 256 04 62 63
Tlm: 939628533


Horário Atendimento: 2ª a 6ª - 9:00h / 18:00h
email: geral@correiodeazemeis.pt


Todos os direitos reservados, 2018