FUNDADO EM 05 DE OUTUBRO DE 1922





DIRETOR
EDUARDO COSTA


15-1-2018,

Os mais de 2017

O ano de que há poucos dias nos despedimos ficou marcado por algumas surpresas e momentos marcantes. Como já é tradição, o Correio de Azeméis, numa seleção da redação, relembra, nesta primeira edição de 2018, os assuntos e personalidades que, pelos piores ou melhores motivos, deram que falar nos últimos 12 meses.


AS FIGURAS DO ANO
Luís Onofre, designer português natural de Oliveira de Azeméis, foi eleito, em abril, presidente da Associação Portuguesa dos Industriais do Calçado, Componentes, Artigos de Pele e Seus Sucedâneos (APICCAPS), constituída por 1834 empresas responsáveis por 45 164 postos de trabalho.
Também o arquiteto oliveirense Luís Pedro Silva viu mais uma vez o seu mérito reconhecido, em fevereiro, depois de o Archdaily, site de arquitetura mais visitado do mundo, ter distinguido o Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões. O projeto, da sua autoria, foi o vencedor na categoria ‘Arquitetura Pública’.
O escultor Paulo Neves, de Cucujães, também deu que falar, ao decorar as montras da Livraria Lello, no Porto, com figuras esguias e altas, iluminadas por baixo com focos de luz. Mais recentemente, esculpiu um presépio que foi instalado na nave da Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima.
Foi também em 2017 que Aníbal Campos, presidente da empresa Silampos, com sede em Cesar, assumiu a liderança Associação dos Industriais Metalúrgicos, Metalomecânicos e Afins de Portugal.

Empreendedorismo
O Centro Tecnológico da Chetocorporation, na Área de Acolhimento Empresarial de Ul/Loureiro, foi inaugurado no passado mês de dezembro e nem o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, faltou.
Segundo o presidente da empresa, Carlos Teixeira, esta nova infraestrutura permitirá aumentar a capacidade de produção, estimando-se que as vendas da Cheto progrediram para dez milhões de euros no final deste ano, em resultado deste investimento.

Projeto
Foi finalmente anunciada a requalificação do Cineteatro Caracas, um edifício que necessita de uma intervenção profunda para que consiga responder aos desafios atuais do mundo do espetáculo, bem como proporcionar melhores condições ao público.
A obra, que está a ser projetada pelo arquiteto oliveirense Miguel Souto, tem um orçamento previsto de cerca de 3,5 milhões de euros. Deverá arrancar em breve e prolongar-se até ao final deste ano.

ENCRENCA
O trânsito (ou falta de ordenamento dele) na Zona Industrial de Oliveira de Azeméis tem sido debatido diversas vezes ao longo dos últimos anos. É unânime a vontade em encontrar soluções que facilitem a circulação de veículos e garanta estacionamento para todos naquela zona tão movimentada, mas as promessas ainda não passaram do papel

DECISÃO
A questão dos postos de Cucujães e Cesar, que se encontram em avançado estado de degradação, tem feito correr muita tinta nos jornais. Em novembro, a secretária de Estado da Administração Interna, Isabel Oneto, anunciou que o posto de Cucujães irá passar a funcionar nas antigas instalações do edifício das Finanças desta freguesia, encontrando-se o projeto de requalificação em lançamento e estando previsto um investimento de 400 mil euros. Já é um princípio, embora ainda haja alguma indefinição quanto ao caso de Cesar.

POLÉMICA
Foi no dia 19 de junho. O ex-autarca Herminio Loureiro, o então presidente da Câmara Municipal Isidro Figueiredo e o antigo presidente da Concelhia do PSD, José Oliveira,  foram detidos, juntamente com outros arguidos, no âmbito da operação da Polícia Judiciária ‘Ajuste Secreto’, relacionada com uma alegada manipulação de regras de contratação pública.
O interrogatório judicial, no Tribunal da Feira, durou uma semana e, no final, todos os suspeitos ficaram a aguardar julgamento em liberdade mediante o pagamento de cauções.

OBRA DO ANO
Inaugurado em março, o Centro de Negócios da Área de Acolhimento Empresarial de Ul-Loureiro promete colocar Oliveira de Azeméis no “mapa do investimento, do empreendedorismo e da inovação”, afirmou, na ocasião, o então presidente do município, Isidro Figueiredo.
A infraestrutura custou 1,9 milhões de euros, ocupa uma área de oito mil metros quadrados e procura disponibilizar espaços de pós-incubação e aceleradores de negócio, prestar informações nas áreas da legislação e mercado, assim como fazer aconselhamento e suporte em matérias de planeamento, consultoria de gestão e financiamento.

JUVENTUDE
A iniciativa do Correio de Azeméis/Azeméis FM ’19 Freguesias, Um Só Coração’ foi decisiva para o sucesso de Ana Rita Marques, que representou o município e Portugal no Miss International Beauty Pageant, um dos concursos de beleza mais relevantes do mundo. Com início em 2016 e prolongando-se em 2017, a iniciativa dinamizou as várias freguesias do concelho, dando a conhecer as potencialidades de cada uma delas e dando visibilidade a talentos locais.

DESPORTO
O ano de 2017 foi, mais uma vez, profícuo em conquistas no âmbito desportivo:
Subida da Oliveirense à II Liga; Subida dos juniores do Cesarense à 1ª Div. Nacional; Subida da equipa feminina do basquetebol da Oliveirense à 1ª Div. Nacional; PARC vence Taça Distrital feminina e é campeã em iniciados; Subida dos juniores do Ossela ao Campeonato Nacional; Iniciados da Oliveirense (futebol) e juniores do Ossela (futsal) vencem Supertaças Distritais; Sub 23 do Bike Clube de Portugal vence Volta a Portugal do Futuro; Futsal de Azeméis vence Taça de Honra de Aveiro; Oliveirense conquista a Taça Continental de hóquei em patins; Abílio Valente no 3º lugar no Campeonato Europeu de Boccia; Oliveirense na final four da Taça da Liga de futebol.

PERDAS DO ANO
O ano transato ficou marcado por perdas de grandes personalidades que muito fizeram por Oliveira de Azeméis.
Logo no mês de janeiro, chorou-se a morte de António Peixoto, um dos fundadores, na década de 60, de um grupo que veio a dar origem às ‘Padeirinhas de Ul’.
Também a morte de Elísio Coelho, em junho, gerou consternação. Elísio Coelho serviu, apaixonadamente, durante mais de meio século, a Associação Humanitária dos Bombeiros de Oliveira de Azeméis, tendo recebido várias condecorações, como a atribuição, pela Liga dos Bombeiros do ‘Crachá de Ouro’.
Aos 46 anos partiu, em outubro, Mário César Pangaio, presidente da Associação de Pais da Escola Soares Basto e um dos fundadores da Confraria do Arroz e Sabores de Azeméis (CASAZ). O mundo ficou “mais pobre”, lamentou o Agrupamento de Escolas Soares Basto.

PROGRESSO
No ano de 2017, o grupo Correio de Azeméis/Azeméis TV, liderado por Eduardo Costa, ‘mergulhou’ num novo desafio. Nasce, assim, a Azeméis TV, projeto que resulta de uma vontade de fazer mais, de fazer diferente, de inovar, de ir, cada vez mais, ao encontro dos oliveirenses e de todos os que se interessam por tudo o que se passa na região. A Azeméis TV é transmitida no MEO KANAL - POSIÇÃO 652294 e os seus conteúdos poderão também ser vistos no YouTube, bem como na página de Facebook do Correio de Azeméis e da Azeméis FM.

SURPRESA
No ano de 2017, o grupo Correio de Azeméis/Azeméis TV, liderado por Eduardo Costa, ‘mergulhou’ num novo desafio. Nasce, assim, a Azeméis TV, projeto que resulta de uma vontade de fazer mais, de fazer diferente, de inovar, de ir, cada vez mais, ao encontro dos oliveirenses e de todos os que se interessam por tudo o que se passa na região. A Azeméis TV é transmitida no MEO KANAL - POSIÇÃO 652294 e os seus conteúdos poderão também ser vistos no YouTube, bem como na página de Facebook do Correio de Azeméis e da Azeméis FM.

SURPRESA
Pela primeira vez, em 43 anos, a Câmara e a Assembleia municipais passaram a ser lideradas pelo Partido Socialista, fruto dos resultados das eleições autárquicas do passado dia 01 de outubro.
Com 18.094 votos (50,42 %), Joaquim Jorge (PS) venceu Ricardo Tavares (PSD), que obteve 12.1282 (34,23%). No que diz respeito à Assembleia Municipal, o PS obteve 16.934 votos e o PSD 12.530.
Pela primeira vez na história da democracia no nosso concelho, um Grupo de Cidadãos Independentes concorreu às Eleições Autárquicas para a Assembleia Municipal e Câmara Municipal.

PREOCUPAÇÃO
Pela primeira vez, os três partidos com assento na Assembleia Municipal assumiram, publicamente, na Azeméis FM (programa ‘Politicamente Correto’) que a poluição do ar e dos rios tem de ser travada, denunciando o caso ‘EVA’, em Nogueira do Cravo, e as descargas clandestinas nos rios.



 




OUTRAS
13-2-2018»  Marionetas deliciaram crianças
13-2-2018»  Escolas vão ter selo de qualidade
13-2-2018»  Previsão de chuva empurra Carnaval para domingo
13-2-2018»  “Com muita humildade, o nosso objetivo é ser campeão de série”
13-2-2018»  Cucujães muito forte impôs goleada
13-2-2018»  “É uma conquista muito importante para nós”
12-2-2018»  “Flávio das Neves é um treinador com experiência”
12-2-2018»  FC Porto põe UDO fora da Taça
12-2-2018»  Oliveirense venceu o FC Porto no prolongamento
12-2-2018»  Taça escapou num jogo muito disputado



PESQUISA




Estatuto Editorial O Correio de Azeméis, no cumprimento duma obrigação legal, renova o conteúdo do seu Estatuto Editorial, na mesma linha que orientou as décadas que leva de publicação ininterrupta, de colocar os verdadeiros interesses do con­celho de Oliveira de Azeméis como sua prioridade inquestionável, não se misturando com os interesses de grupos, nomeadamente políticos. O Correio de Azeméis renova o com­promisso de respeitar os princípios deontológicos da imprensa e a ética profissional, de modo a não poder prosseguir apenas fins comerciais, nem abusar da boa fé dos leitores, encobrindo ou detur­pando a informação.




REDACÃO:
Edifício Rainha, 8º Piso
3720-232 Oliveira de Azeméis


CONTACTOS:
Telf: 256 04 98 90 * Fax: 256 04 62 63
Tlm: 939628533


Horário Atendimento: 2ª a 6ª - 9:00h / 18:00h
email: geral@correiodeazemeis.pt


Todos os direitos reservados, 2018