FUNDADO EM 05 DE OUTUBRO DE 1922





DIRETOR
EDUARDO COSTA


22-1-2018,
Ossela> Cerveja artesanal casa com a comida
Vadia e cogumelos: uma dupla de sucesso

A primeira sessão da ‘Vadia Taste’ superou as expectativas antes de o evento abrir portas, com um casamento perfeito entre a Cerveja Vadia e os cogumelos shitake. Dos 30 lugares inicialmente previstos, a organização foi obrigada a fechar as inscrições, com um total de 65 inscritos. Para oum dos sócios da Cerveja Vadia, Vítor Silva, “isto prova que as pessoas estão recetivas a estas iniciativas”.


O objetivo é todos os meses realizar um jantar que dê destaque à Cerveja Vadia e a outro produto, preferencialmente regional. Através desta atividade, a missão passa por mudar os hábitos e mostrar que “as cervejas podem, como o vinho, casar com a comida”, explica Vítor Silva.
Especialista na matéria de cervejas, o sócio e mestre cervejeiro da Vadia, Nicolas Billard esclarece que o intuito é demonstrar que “na cerveja temos a vantagem de haver mais amplitude de sabores de força e palato do que com o vinho”.
O projeto junta amigos e gente da região, com a envolvência do produtor de Vale de Cambra, Eduardo Pinho, e o responsável pelas harmonizações, também da mesma região, Miguel Aguiar. Uma ideologia que, afirma Nicolas Billard, prezam desde o início. “Porque é a trabalhar com os amigos e com as pessoas à nossa volta que conseguimos crescer juntos e é isso que valorizamos”.
Produtor de cogumelos shitake desde 2015, Eduardo Pinho avança que a decisão de produzir este cogumelo foi um passo estudado de acordo com as tendências de alimentação, mas que o obrigou a enfrentar desafios. No entanto, o esforço da marca em vingar no mercado tem surtido efeito e o produtor avança que “hoje em dia é muito gratificante já ter mais restaurantes que incluem o cogumelo na ementa e os supermercados que têm o cantinho dedicado ao cogumelo shitake”.
Juntar o cogumelo shitake com a diversidade da Cerveja Vadia foi um desafio para o responsável pelas harmonizações, Miguel Aguiar. “Trabalho harmonizações há muitos anos e é a primeira vez que me convidam para fazer com cervejas artesanais. Com as normais é fácil mas a Cerveja Vadia tem vários sabores e pode ser mais trabalhoso”, conta. As duas próximas edições já estão previstas com o segundo tema de sushi e o terceiro com arroz.
Adriana Ribeiro

 




OUTRAS
13-2-2018»  Marionetas deliciaram crianças
13-2-2018»  Escolas vão ter selo de qualidade
13-2-2018»  Previsão de chuva empurra Carnaval para domingo
13-2-2018»  “Com muita humildade, o nosso objetivo é ser campeão de série”
13-2-2018»  Cucujães muito forte impôs goleada
13-2-2018»  “É uma conquista muito importante para nós”
12-2-2018»  “Flávio das Neves é um treinador com experiência”
12-2-2018»  FC Porto põe UDO fora da Taça
12-2-2018»  Oliveirense venceu o FC Porto no prolongamento
12-2-2018»  Taça escapou num jogo muito disputado



PESQUISA




Estatuto Editorial O Correio de Azeméis, no cumprimento duma obrigação legal, renova o conteúdo do seu Estatuto Editorial, na mesma linha que orientou as décadas que leva de publicação ininterrupta, de colocar os verdadeiros interesses do con­celho de Oliveira de Azeméis como sua prioridade inquestionável, não se misturando com os interesses de grupos, nomeadamente políticos. O Correio de Azeméis renova o com­promisso de respeitar os princípios deontológicos da imprensa e a ética profissional, de modo a não poder prosseguir apenas fins comerciais, nem abusar da boa fé dos leitores, encobrindo ou detur­pando a informação.




REDACÃO:
Edifício Rainha, 8º Piso
3720-232 Oliveira de Azeméis


CONTACTOS:
Telf: 256 04 98 90 * Fax: 256 04 62 63
Tlm: 939628533


Horário Atendimento: 2ª a 6ª - 9:00h / 18:00h
email: geral@correiodeazemeis.pt


Todos os direitos reservados, 2018