FUNDADO EM 05 DE OUTUBRO DE 1922





DIRETOR
EDUARDO COSTA


12-2-2018,
Loureiro> Associação Recreativa e Cultural de loureiro comemorou 38 anos de vida
Presidente anuncia aumento da Quinta do Barão

No passado sábado, a Associação Recreativa e Cultural de Loureiro comemorou o seu 38º aniversário. Em dia de festa, o presidente Manuel Pires anunciou vários projetos que vão fazer crescer esta associação, que alberga também a Banda de Música, o Clube Desportivo e o Teatro Amador.


Ana Catelas

Uma exposição com fotografias de eventos realizados na Quinta do Barão e um almoço convívio marcaram as comemorações do 38º aniversário da Associação Recreativa e Cultural de Loureiro (ARCL), no passado sábado. O presidente da ARCL, Manuel Pires, enviou um recado ao presidente da Câmara Municipal, no qual questionava o ponto de situação do relvado sintético para o campo de futebol do Clube Desportivo de Loureiro. Este é, aliás, um tema que tem sido constantemente falado ao longo dos últimos aniversários da associação loureirense, já que é uma obra aguardada há muitos anos para melhorar as condições da prática do futebol a dezenas de crianças. Manuel Pires informou ainda que a ARCL tem já “projetos lançados” para a recuperação do muro exterior da Quinta, “que está em vias de ruir”, assim como para a construção das casas de banho públicas. O presidente pediu ainda “a colaboração da ADRITEM e da Câmara Municipal para que aqui se realizem os Jogos Tradicionais” e adiantou que a Quinta do Barão pode vir a crescer em breve. “Temos em vista um projeto, que já deu os primeiros passos, para a aquisição das casas velhas nestes terrenos aqui ao lado para o alargamento da Associação, que está a ficar pequena”, afirmou Manuel Pires. A aquisição deste terreno poderá marcar o regresso da Banda de Música à ‘casa-mãe’, de onde se viu obrigada a sair devido ao reduzido espaço da sala de ensaios.
O presidente da FAMOA, António Grifo, reconheceu o “trabalho profícuo” que tem vindo a ser realizado pela ARCL. “É um exemplo ímpar do nosso município esta casa que alberga os seus parceiros e fiquei muito satisfeito por saber que, apesar desta grandeza, a Direção quer alargar o espaço”, afirmou o responsável pelas associações oliveirenses para depois adiantar que a Quinta do Barão pode vir a ser palco de “mais um grande encontro de jogos tradicionais”. Referindo que, hoje em dia, é “impossível” voltar a fazer os jogos tradicionais a nível nacional, António Grifo adiantou que a possibilidade passa pela organização deste evento no âmbito do Entre Douro e Vouga. “Para um começo sustentado é melhor assim”, explicou o presidente da FAMOA, pedindo para que todos os loureirenses apoiem a ARCL e as associações que a ela estão agregadas.

---------------

“Hoje (sábado) tive a honra de ser recebida com muita simpatia pelo presidente, que me conduziu numa visita guiada e me deu a conhecer os aspetos históricos da Associação. Foi com muito agrado que percebi que esta é uma associação com uma história extraordinária e com um espólio muito interessante de se ver. Esta é uma associação que traz desenvolvimento à freguesia e à população”.
Helena Santos,
presidente da Assembleia Municipal

“O ano passado, em relação ao campo, eu disse que estávamos no bom caminho e que ia ser conseguido num curto espaço de tempo. Desde o ano passado foi conseguido o alargamento necessário e que inviabilizava o sonho antigo. O alargamento está feito. Acreditamos que, com a ajuda da Associação, autarquia e Clube Desportivo, vamos conseguir e todos temos que dar as mãos se queremos ter melhores condições. O sonho é antigo. Ao longo dos anos têm sido concretizados vários sonhos na ARCL e este não vai ficar de fora. Quanto à compra do terreno para o alargamento da Quinta, a Câmara Municipal não vai deixar de contribuir dento das nossas possibilidades”.
Rui Cabral, vereador da Câmara Municipal

“Esta casa tem um valor muito grande para a freguesia e faz chegar o nome de Loureiro a todo o país. Tenho que agradecer à Direção da ARCL, liderada por Manuel Pires, pela forma como tem feito crescer esta associação e que agora quer alarga-la. Espero que o relvado sintético seja uma realidade nos próximos tempos”.
José Queirós, presidente da Junta de Freguesia de Loureiro

 




OUTRAS
13-2-2018»  Marionetas deliciaram crianças
13-2-2018»  Escolas vão ter selo de qualidade
13-2-2018»  Previsão de chuva empurra Carnaval para domingo
13-2-2018»  “Com muita humildade, o nosso objetivo é ser campeão de série”
13-2-2018»  Cucujães muito forte impôs goleada
13-2-2018»  “É uma conquista muito importante para nós”
12-2-2018»  “Flávio das Neves é um treinador com experiência”
12-2-2018»  FC Porto põe UDO fora da Taça
12-2-2018»  Oliveirense venceu o FC Porto no prolongamento
12-2-2018»  Taça escapou num jogo muito disputado



PESQUISA




Estatuto Editorial O Correio de Azeméis, no cumprimento duma obrigação legal, renova o conteúdo do seu Estatuto Editorial, na mesma linha que orientou as décadas que leva de publicação ininterrupta, de colocar os verdadeiros interesses do con­celho de Oliveira de Azeméis como sua prioridade inquestionável, não se misturando com os interesses de grupos, nomeadamente políticos. O Correio de Azeméis renova o com­promisso de respeitar os princípios deontológicos da imprensa e a ética profissional, de modo a não poder prosseguir apenas fins comerciais, nem abusar da boa fé dos leitores, encobrindo ou detur­pando a informação.




REDACÃO:
Edifício Rainha, 8º Piso
3720-232 Oliveira de Azeméis


CONTACTOS:
Telf: 256 04 98 90 * Fax: 256 04 62 63
Tlm: 939628533


Horário Atendimento: 2ª a 6ª - 9:00h / 18:00h
email: geral@correiodeazemeis.pt


Todos os direitos reservados, 2018