FUNDADO EM 05 DE OUTUBRO DE 1922





DIRETOR
EDUARDO COSTA


13-2-2018,
> Soares BASTO acolheu apresentação de projeto nacional
Escolas vão ter selo de qualidade

A ideia é simples: fazer com que a escola se torne um sítio para onde os alunos tenham vontade de ir todos os dias.


Diana Cohen

A Confederação Nacional das Associações de Pais (CONFAP), juntamente com a Leya Educação e o psicólogo Eduardo Sá, lança agora a iniciativa ‘Escola Amiga da Criança’, convidando os estabelecimentos de ensino a conceber “ideias extraordinárias” para que possam melhorar as suas condições de funcionamento e, assim, aproximar-se dos estudantes.
O projeto, de âmbito nacional, foi apresentado pela primeira vez no passado sábado, na Escola Soares Basto, nascendo de uma vontade de “mudar o paradigma da educação”, explicou o presidente da CONFAP, Jorge Ascensão. “Fazemos isto para que as crianças queiram ir para a escola”, referiu Jorge Ascensão durante a sessão de esclarecimento que foi organizada pela Federação das Associações de Pais de Oliveira de Azeméis (FAPCOA), tendo como parceira a autarquia.
Jorge Ascensão tem a expectativa de que a iniciativa marque um ponto de viragem na educação, à semelhança do que aconteceu com a atribuição da bandeira azul nas praias. “As escolas que forem distinguidas vão servir de exemplo para a do lado”, disse, salientando a importância do envolvimento das famílias: “É um desafio que temos de agarrar, temos de deixar de ter dúvidas de que a escola é amiga das crianças”.
O mentor da iniciativa foi o psicólogo Eduardo Sá, especialista em psicologia infantil. “A escola é a invenção mais bonita da humanidade, mas estraga a crianças. Quer que elas aprendam, mas passa a vida a criar obstáculos”, afirmou o conceituado e mediático psicólogo, que considera “incrível que continue a funcionar como se os alunos fossem parecidos”.
Eduardo Sá defende que, apesar de o ensino obrigatório ter permitido o esbatimento de “clivagens sociais”, deve agora existir uma rutura. “A escola tem de parar para perceber o que quer do desenvolvimento das crianças”.
A diretora do Agrupamento entende que este poderá ser “um importante contributo para o desenvolvimento das nossas crianças e jovens”, bem como o presidente da FAPCOA, Artur Oliveira, e o vereador Rui Cabral. “O mundo é cada vez mais complexo e as famílias são cada vez mais desestruturadas, por isso estamos sempre a experimentar coisas novas para que a escola seja amiga das crianças” afirmou o membro do executivo.

------------

> Envio de propostas até ao dia 03 de março

Todas as escolas podem concorrer
O selo procura distinguir ideias criativas nas categorias ‘Segurança’, ‘Espaços de recreio e convívio’, ‘Alimentação, higiene e ambiente’, ‘Formação cívica’, ‘Envolvimento da família e comunidade educativa’ e ‘Projetos extracurriculares’, podendo participar todas as escolas públicas e privadas, desde o ensino pré-escolar ao secundário. As ideias, que podem ser submetidas por dirigentes, professores e associações de pais, deverão ser enviadas até 03 de março para o endereço escolaamigadacrianca@gmail.com. A divulgação dos vencedores acontecerá a 10 de maio, a apresentação presencial das propostas será realizada 20 dias depois e, em setembro, serão entregues os prémios às Escolas Amigas da Criança.



 




OUTRAS
13-2-2018»  Marionetas deliciaram crianças
13-2-2018»  Previsão de chuva empurra Carnaval para domingo
13-2-2018»  “Com muita humildade, o nosso objetivo é ser campeão de série”
13-2-2018»  Cucujães muito forte impôs goleada
13-2-2018»  “É uma conquista muito importante para nós”
12-2-2018»  “Flávio das Neves é um treinador com experiência”
12-2-2018»  FC Porto põe UDO fora da Taça
12-2-2018»  Oliveirense venceu o FC Porto no prolongamento
12-2-2018»  Taça escapou num jogo muito disputado
12-2-2018»  Só faltou o golo ao Cucujães



PESQUISA




Estatuto Editorial O Correio de Azeméis, no cumprimento duma obrigação legal, renova o conteúdo do seu Estatuto Editorial, na mesma linha que orientou as décadas que leva de publicação ininterrupta, de colocar os verdadeiros interesses do con­celho de Oliveira de Azeméis como sua prioridade inquestionável, não se misturando com os interesses de grupos, nomeadamente políticos. O Correio de Azeméis renova o com­promisso de respeitar os princípios deontológicos da imprensa e a ética profissional, de modo a não poder prosseguir apenas fins comerciais, nem abusar da boa fé dos leitores, encobrindo ou detur­pando a informação.




REDACÃO:
Edifício Rainha, 8º Piso
3720-232 Oliveira de Azeméis


CONTACTOS:
Telf: 256 04 98 90 * Fax: 256 04 62 63
Tlm: 939628533


Horário Atendimento: 2ª a 6ª - 9:00h / 18:00h
email: geral@correiodeazemeis.pt


Todos os direitos reservados, 2018