FUNDADO EM 05 DE OUTUBRO DE 1922

DIRETOR
ANTÓNIO MAGALHÃES

SUB DIRETOR
EDUARDO COSTA


15-4-2014,
>Em Cesar no domingo de ramos
Jovens e crianças visitaram os doentes



Mantendo uma tradição de mais de 30 anos (32 anos), crianças e jovens, acompanhados pelos seus catequistas, no passado domingo, visitaram os doentes da paróquia de Cesar, oferecendo o ramo benzido na eucaristia dos ramos. A visita dos grupos de catequese aos doentes não é, como muitos podem pensar, uma rotina que todos os anos se realiza com os jovens e crianças para oferecer um ramo benzido. Pelo contrário é considerado, principalmente pelos jovens, um momento raro de encontro com o sentido da vida, porque mostra a sua fortaleza e fragilidade. Para muitos, é o primeiro encontro com uma vida ‘esgotada’ pela doença, que pode ser circunstancial ou, inversamente, nunca ser vencida, e isto é, numa perspetiva cristã, o caminho que o Evangelho, através do bom samaritano, nos impele a fazer. Um encontro pessoal com alguém singular A ida das crianças e dos jovens ao encontro dos doentes da paróquia contém em si mesma um ensinamento extraordinário, que é, na verdade, o encontro pessoal com alguém singular. É um encontro com a vida. É a partir deste encontro, ou pode, a partir deste encontro, acontecer um confronto entre a pessoa doente que vive a patologia e os jovens, emergindo, deste modo, um diálogo que se ouve mais de dentro do coração do que daquele que se ouve pelas palavras. E quando tal se vive, a visita é uma catequese de vida e para a vida; é, de facto, um tempo de vida que convida à reflexão sobre o fundamento de toda a vivência cristã. Há mais de 30 anos como facto sempre novo Apesar deste acontecimento se registar, consecutivamente, há mais de três décadas, é sempre um facto novo que brotou do coração e da inteligência humana, e que em cada ano se repete. E repete-se porque a entrega do ramo aos doentes é um ato que veio de dentro, isto é, de um coração inteligente e não de uma inteligência sem coração. Chegou de fora, veio de Jesus. E quando as nossas ações vêm de dentro, de Jesus, sempre superam as ações que vêm de fora. As crianças, os jovens e seus catequistas/animadores correram assim as ruas da vila de Cesar, porque acreditam que a vida ganha-se com amor. Carlos Costa Gomes

 




OUTRAS
24-5-2017»  União de Freguesias: Solução ou Problema?
23-5-2017»  MERCADO ENCERRA COM COMBINAÇÃO DELICIOSA
23-5-2017»  VILLA OLIVARIA APOSTA E PRATOS TRADICIONAIS
23-5-2017»  OLIVEIRENSE FALHOU NA FINALIZAÇÃO
23-5-2017»  ESCOLA LIVRE NO 1º LUGAR
22-5-2017»  PORQUE NÃO COMEÇAR UM NEGÓCIO DO ZERO?
22-5-2017»  98% DE SERVIÇOS DE MECÂNICA ADQUIRIDOS FORA
22-5-2017»  FUTSAL DE AZEMÉIS 'CAIU' NA SEGUNDA PARTE
22-5-2017»  OLIVEIRENSE VENCE E CONTINUA NA FRENTE
22-5-2017»  “O VÍDEO-ÁRBITRO VAI AJUDAR À VERDADE DESPORTIVA”



PESQUISA





REDACÃO:
Edifício Rainha, 8º Piso
3720-232 Oliveira de Azeméis


CONTACTOS:
Telf: 256 04 98 90 * Fax: 256 04 62 63
Tlm: 939628533


Horário Atendimento: 2ª a 6ª - 9:00h / 18:00h
email: geral@correiodeazemeis.pt


Todos os direitos reservados, 2017