Em
Correio de Azeméis

5 Apr 2022

Oliveira vai voltar a vestir a camisola da Oliveirense

Destaques Futebol Desporto

No próximo sábado, o médio Oliveira vai voltar a calçar as chuteiras para entrar em campo ao serviço do seu clube mas agora no escalão de veteranos

Oliveira deixou a Oliveirense no final da última época e não esconde que "não foi fácil de digerir essa situação". O agora treinador do Valadares vai voltar a calçar chuteiras e a vestir de azul e vermelho já no próximo sábado para representar o clube do seu coração, mas agora na equipa de veteranos da Oliveirense.

Ana Catelas

António Oliveira nunca escondeu que a Oliveirense é o clube do seu coração. No final da última temporada, o médio deixou a Oliveirense apesar de ter sido convidado a ficar, mas a tristeza acompanhou-o na saída. “Foi um processo acabado da pior forma. Eu gosto muito da Oliveirense e foi difícil digerir essa situação”, confessou Oliveira, que na semana passada voltou ao Estádio Carlos Osório para um jogo de treino. No início desta época, Oliveira assinou pelo Valadares como jogador, mas a meio do campeonato pendurou as chuteiras e assumiu as funções de treinador e foi nessa condição que voltou a pisar o relvado da Oliveirense. “É um gosto especial entrar no Carlos Osório, agora do outro lado, mas para mim foi um jogo especial”, revelou o jovem treinador.

O próximo sábado vai ser especial para Oliveira, que deve voltar a representar a Oliveirense mas agora pelos veteranos. “É sempre bom e um orgulho jogar pela Oliveirense”, concluiu Oliveira.

Oliveira estreou-se como treinador principal:

“Está a ser uma experiência positiva”

António Oliveira, 38 anos, chegou ao Valadares, no Campeonato de Portugal, como jogador, mas à 11.ª jornada assumiu as funções de treinador após convite da direção. “Está a ser uma experiência positiva, já me estava a preparar para isso, pois já era adjunto na formação da Oliveirense”, revelou o ex-médio, que já pensa em tirar o nível 3 de treinador, mas prefere ir “de etapa em etapa”. Oliveira não pensa no futuro nem onde quer chegar como treinador e a sua prioridade, garante, é apenas o presente. O Valadares está na luta pela permanência no Campeonato de Portugal juntamente com Gondomar, Alvarenga e Espinho. “O Valadares tem as mesmas hipóteses de conseguir a permanência como qualquer uma das outras três equipas. É um grupo com quatro equipas fortes, não acredito que haja uma mais forte que outra. Na fase regular acabámos atrás de todas elas, mas nesta fase estamos focados em vencer jogo a jogo. Vai ser uma luta até ao fim e nós estamos preparados para ela”, anteviu Oliveira.

Oliveira chegou ao Valadares como jogador, mas a meio da época assumiu as funções de treinador do clube que milita no Campeonato de Portugal (Foto: Valadares Facebook)

 

Partilhar nas redes sociais

PUB
Últimas Notícias
Oliveirense defronta o Barcelos na Elite CUP já com VAR
10/08/2022
Preço dos Combustíveis ponto a ponto
9/08/2022
Simoldes investe no negócio da energia
9/08/2022
XIX Concentração Motard ‘Os Últimos’
9/08/2022
Nossa Senhora de Lourdes voltou a reunir centenas de fiéis
9/08/2022
Nossa Senhora de Lourdes na Quinta da Costeira
9/08/2022
As festas beneficiam a cidade?
9/08/2022
Guilherme Costa distinguido
9/08/2022
PUB
PUB