Português assassinado em França é de Pinheiro da Bemposta

Destaques Concelho Casos de Polícia

Vizinha, que conhecia o homem assassinado em França, recorda-o como um "rapaz pacato"

Tiago Ribeiro Silva, o português abatido a tiro na segunda-feira em Buzet-Sur-Baïse, no sul de França, à frente da mulher grávida e dos dois filhos, é natural do Curval, em Pinheiro da Bemposta. O oliveirense, de 32 anos, regressava a casa após uma festa com familiares quando foi surpreendido por um trio que já está em prisão preventiva e já terá confessado a autoria do homicídio.

Ana Catelas

Tiago Ribeiro Silva, um oliveirense emigrado em França há vários anos, foi assassinado na madrugada da passada segunda-feira junto à sua casa e três suspeitos já foram, entretanto, detidos. O homem, de 32 anos, agricultor de profissão, é natural do Curval, na freguesia de Pinheiro da Bemposta. Quem o conhecia, embora sabendo que Tiago Silva “enquanto vivia cá já andava por caminhos difíceis no que toca a vícios”, não esperava este desfecho para um filho da terra. “Lembro-me do Tiago, mas já não o via por cá há muito tempo. Conhecia-o desde pequenino”, contou ao Correio de Azeméis uma vizinha, não sabendo, no entanto, há quantos anos o homem terá emigrado para França. “Do que eu conhecia do Tiago, ele era um rapaz pacato”, acrescentou a mesma vizinha da família. Ao que o Correio de Azeméis conseguiu ainda apurar, o corpo de Tiago Ribeiro Silva será transladado para Portugal e será sepultado no cemitério de Pinheiro da Bemposta.
Os suspeitos do crime são dois portugueses e um espanhol que, após serem presentes ao Ministério Público de Agen, na passada terça-feira à tarde, ficaram em prisão preventiva. Já de acordo com a agência AFP, as autoridades judiciais francesas abriram uma investigação por "homicídio, cumplicidade em homicídio e incapacidade de prevenir um crime". O Ministério Público referiu à Lusa que os três suspeitos “não estavam na festa”, mas conheciam a vítima. 
O oliveirense de 32 anos foi assassinado quando estava a chegar a casa após ter participado numa festa. Tiago Ribeiro Silva estava acompanhado da sua esposa grávida e dos dois filhos, que não terão sofrido quaisquer ferimentos. 
As notícias dão conta de que o consumo de droga poderá estar na origem do desentendimento entre os envolvidos. O homem, natural de Pinheiro da Bemposta, era agricultor e estaria instalado nesta pequena cidade na região de Lot-et-Garonne, entre Bordéus e Toulouse, há cerca de dois anos.

 

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Banda de Música de Loureiro vai está presente nas festas em honra de Nossa Senhora de La Salette
8/08/2022
Três anos de projeto e nove meses de obras
8/08/2022
‘Carlos Osório’ certificado com a placa ‘Silver’
8/08/2022
Zé Pedro já assiste
8/08/2022
Borges é reforço
8/08/2022
Dupla reforça Futsal de Azeméis
8/08/2022
Pedro Silva continua ao leme do Carregosense
8/08/2022
Igreja Matriz renovada
8/08/2022
PUB
PUB