Seniores do Nogueirense estão em risco esta época

Desporto Futebol

O Real Clube Nogueirense precisa de cerca de cinco mil euros para inscrever o plantel sénior na Associação de Futebol de Aveiro para a próxima época. O prazo termina amanhã, mas a Direção garante estar a fazer tudo para conseguir um desfecho feliz. A pandemia provocada pelo Coronavírus afetou — e de que maneira — o dia a dia dos clubes. A época transata que não chegou ao fim e a consequente ausência de receitas, a impossibilidade de realizar os habituais eventos de angariação de fundos e a crise que se instalou na maioria das indústrias acabaram por afetar também os clubes desportivos e o Real Clube Nogueirense é a prova disso. No dia 19 de agosto, num comunicado lançado nas redes sociais, a Direção do emblema de Nogueira do Cravo anunciou que “o clube está em vias de fechar porta” e o certo é que tem até amanhã para arranjar os cerca de cinco mil euros que faltam para garantir a inscrição da equipa sénior na próxima época. Da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, o clube conta com cinco mil euros do apoio à representatividade, conforme revelou o vice-presidente Luís Figueiredo, para compor o total dos dez mil euros necessários para a inscrição de jogadores e taxas de jogo. “Temos reuniões marcadas com alguns empresários para tentarmos obter algum tipo de financiamento para isso. Se não, só vamos ter mesmo a formação e o objetivo da Direção que vem a seguir é liquidar as dívidas”, adiantou Luís Figueiredo, que precisa de garantias relativamente aos apoios para “não dar tiros nos pés”. A situação do clube complicou-se quando soube da decisão dos seus principais patrocinadores para a nova temporada. “Disseram-nos que era completamente impossível apoiarem este ano”, acrescentou o vice-presidente. A Direção, confessou Luís Figueiredo, está “motivada” para conseguir os seus desígnios, mas sabe as “dificuldades” que tem pela frente. Sem equipa sénior nem tudo é mau No caso do clube não conseguir avançar com a equipa sénior vai reinar um sentimento agridoce. Por um lado, explicou Luís Figueiredo, “é muito mau, porque nós já tínhamos o plantel quase todo formado e estava tudo estruturado para iniciar a época”. E os objetivos também estavam definidos. “A partir do momento em que subiram as equipas mais fortes, nós queríamos andar nos quatro primeiros lugares e a lutar pela subida”. Mas, por outro lado, permitia à Direção canalizar esforços para “liquidar todas as dívidas e fazer um pé de meia e arrancar, na época seguinte, ainda mais fortes”. Pedro Silva é o próximo presidente A única lista entregue dentro do prazo estipulado para liderar os destinos do Nogueirense no próximo biénio é liderada por Pedro Silva, uma cara nova nos órgãos sociais do clube de Nogueira do Cravo. O vice-presidente será Emanuel Coelho. A lista será, ao que tudo indica, aprovada na próxima Assembleia Geral, que será marcada em breve. Jogadores dispostos a continuar a custo zero O orçamento definido, incluindo o futebol sénior, para a próxima época ronda os 28 mil euros, mas os jogadores e equipa técnica já deram a conhecer à Direção estarem dispostos a ficar no clube “sem ganhar rigorosamente nada”, o que faria com que o orçamento baixasse para os 20 mil euros, conforme revelou Luís Figueiredo. “Custa saber que as pessoas estão completamente comprometidas e não conseguirmos assegurar a inscrição”, lamentou o dirigente. Latas espalhadas pela freguesia à espera do apoio dos nogueirenses Apesar da verba avultada e do tempo a escassear, a Direção não baixa os braços e continua a fazer tudo para conseguir a quantia necessária para a inscrição da equipa. O clube lançou uma campanha de angariação de novos associados e espalhou várias latas por diversos pontos estratégicos da freguesia para que os nogueirenses possam colaborar com o clube da sua terra. “Até agora foram angariados cerca de 1200 euros”, revelou Luís Figueiredo, confessando que não sente muito o apoio da população da terra, embora garantindo que compreende pela situação atual que vivemos.

Partilhar nas redes sociais

PUB
Últimas Notícias
Fernanda Almeida, artesã, que veio à Azeméis TV/FM falar da participação dos vários artesãos nas Festas de La Salette
11/08/2022
Luís Gomes venceu a Meta Volante em 'casa' com o apoio dos oliveirenses
11/08/2022
NIC de Oliveira de Azeméis recupera ouro furtado no valor de 10 mil euros
11/08/2022
Isabel Costa, presidente da Associação Recreativa e Cultural de S. Roque "A Chama" em entrevista
10/08/2022
Oliveirense defronta o Barcelos na Elite CUP já com VAR
10/08/2022
Oliveirense Hélder Gonçalves em ascensão na Volta a Portugal
10/08/2022
Preço dos Combustíveis ponto a ponto
9/08/2022
Simoldes investe no negócio da energia
9/08/2022
PUB
PUB