Em
Correio de Azeméis

2 Jun 2022

19 detidos e 12 arguidos em rede organizada que incluiu Oliveira de Azeméis

Casos de Polícia

De acordo com a nota informativa da GNR, todos os detidos apresentam antecedentes criminais por diversos ilícitos criminais.

Uma mulher de 28 anos, residente em Santiago de Riba-Ul, foi constituída arguida na megaoperação que desmantelou uma redes de crimes contra as pessoas e contra o património.

No âmbito de uma investigação por crimes contra as pessoas e contra o património, que teve a duração de cerca de dois anos, os militares da Guarda realizaram diversas diligências de investigação que culminaram na constituição de arguida de uma mulher, de 28 anos, de Oliveira de Azeméis (residente na freguesia de Santiago de Riba-Ul). Foram ainda detidos 17 homens e 2 mulheres, com idades compreendidas entre os 19 e os 50 anos, e mais 11 pessoas foram constituídas de arguidas. Este foi o resultado do desmantelamento de uma rede organizada de crimes de furto, furto qualificado, roubo, sequestro, extorsão, posse de armas proibidas, tráfico de armas, tráfico de estupefacientes, burla e associação criminosa, nos distritos do Porto, Braga e Aveiro, pelo Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Santo Tirso, na passada segunda-feira.

Num comunicado, a GNR informa ainda que, durante a operação policial, foram realizadas 56 buscas domiciliárias, 7 buscas em veículos e estabelecimentos, dando ainda cumprimento a sete mandados de detenção, nos concelhos de Matosinhos, Santo Tirso, Valongo, Trofa, Vila Nova de Gaia, Maia, Paços de Ferreira, Ermesinde, Famalicão, Barcelos, Braga, Guimarães e Oliveira de Azeméis, onde foi possível apreender o seguinte material:

8 armas de fogo (5 pistolas, 1 revólver e 2 caçadeiras modificadas); 3 armas brancas; 7 armas de recreio; 715 munições de armas de fogo; 10 veículos de média/alta gama; 17 400 euros em dinheiro; 54 doses de haxixe; 772 doses de heroína; 561 doses de cocaína; 134 gramas de produtos de corte; 2 balanças de precisão; 178 maços de tabaco por suspeitas de furto; Várias peças de ouro suspeitas de serem furtadas; 44 telemóveis; 2 tabletes; 1 computador portátil; Várias ferramentas utilizadas nos furtos e outras ferramentas furtadas; e diversa documentação.

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Pontos de ancoragem dividem partido
28/03/2023
Azeméis CUP alargado às cinco modalidades da Oliveirense
28/03/2023
Homem ferido em despiste com motocultivador
28/03/2023
Macieirense está de regresso à 1ª Divisão Distrital
27/03/2023
S. Roque sobe à 1ª Divisão Distrital
27/03/2023
Cesarense venceu o líder Espinho
27/03/2023
Carregosense evita derrota nos descontos
27/03/2023
Atletas do NAC somam recordes pessoais
27/03/2023
PUB