Aumento do preço de tratamento dos resíduos sólidos preocupa presidente da câmara municipal

Concelho

PREVISTOS AUMENTOS DE 50% PARA 2023

Joaquim Jorge, presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, anunciou que estão previstos novos aumentos dos tarifários de tratamento dos resíduos sólidos urbanos. O alerta foi deixado na reunião de executivo da câmara municipal, que decorre esta manhã, de 19 de janeiro, em Cucujães.
 

O autarca oliveirense revelou-se "profundamente preocupado" perante a comunicação da ERSAR que "permite o aumento dos tarifários praticados pela ERSUC", empresa responsável pelo tratamento de resíduos sólidos em Oliveira de Azeméis. Serão "aumentos substanciais e incomportáveis para as pessoas. De 2021 para 2022 os tarifários aumentaram 50% e agora prevê-se que volte a aumentar mais 50% em 2023". Esta necessidade de aumento dos tarifários prende-se com a "necessidade da ERSUC equilibrar as suas operações", justificou o edil.
 

Joaquim Jorge, afirmou que existiu uma reunião com os 36 municípios que integram a ERSUC, onde foi tomada "uma posição conjunta, reforçada por posições enviadas à ERSAR e ao ministério que tutela a área". O objetivo passa por fazer com que a tutela "garanta que os aumentos sejam feitos de forma progressiva".

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
José Costa, bombeiro oliveirense, homenageado com mérito profissional pelo Rotary Club de Oliveira de Azeméis
28/01/2023
Dois feridos numa colisão em Macieira de Sarnes
28/01/2023
Serginho é reforço e já treina na Oliveirense
27/01/2023
Cesar recebeu torneio de semirrápidas
27/01/2023
Congresso da Indústria de Moldes regressa a Oliveira de Azeméis
27/01/2023
Homem detido por furto em estabelecimentos comerciais
26/01/2023
Inscrições abertas para o 3º “Street Food & Beer
26/01/2023
Miura, jogador de 55 anos, já está em Oliveira de Azeméis
26/01/2023