Em
Correio de Azeméis

12 Sep 2022

“Desportivamente queremos estar nos grandes momentos”

Desporto Desporto em Análise com Hermínio Loureiro

Rui Lopes, vice-presidente e responsável pelo basquetebol

O programa ‘Desporto em Análise’, com Hermínio Loureiro, recebeu o vice-presidente e responsável pelo basquetebol da UD Oliveirense, Rui Lopes. O novo dirigente revelou alguns dos principais objetivos da nova época, com uma equipa totalmente renovada. Estar nas fases finais das principais competições é a principal ambição da nova equipa dirigida por Rui Lopes.

Surpresa inesperada 
“Fiquei surpreendido, não estava à espera. O presidente do nosso clube ligou-me, com o ex-vice-presidente do clube e da modalidade, Hélder Albergaria, e fizeram-me o convite. Face àquilo que tem sido o meu envolvimento no passado com a modalidade, quer enquanto atleta, quer enquanto treinador, entendi que devia este respeito ao clube. Espero estar à altura do desafio que me lançaram.”

O início da época
“Estamos há cerca de um mês e duas semanas a preparar esta época, reunimos um conjunto de pessoas. Sem elas não conseguia fazer o trabalho já feito. A primeira decisão foi a escolha do treinador, optámos por um treinador que já conhecemos e a partir daí desenvolvemos todo o trabalho.”

Papel de dirigente
“Eu dou por mim a separar aquilo que é o atleta, o treinador e o dirigente de uma autarquia. Aquilo que mais desejo é cumprir com a minha função e com o meu papel, que é ser dirigente deste clube. Deixar as competências que dizem respeito aos técnicos para eles e eu mantenho-me na qualidade de dirigente, é esse o papel que tenho de desempenhar.”

Apostar na formação 
“Fácil não é, mas é desejável que todos os nossos atletas da formação tenham ambição e queiram lá chegar. O Kevin, o Miguel, o Guilherme e o Fred são bons exemplos de atletas que gostam do clube. Fizeram grande parte da sua formação no clube e têm características que o treinador conhece bem. E nós também ambicionamos e desejamos que eles cresçam connosco.”  

A relação com antigos companheiros e os principais objetivos
“A maior parte são treinadores, cá fora temos as nossas relações de amizade, lá dentro queremos ambos ganhar. Aquilo que eu desejo é ser sempre respeitador dentro daquilo que reconheço e conheço e foi o trabalho de um percurso de muitos anos. Mas eu quero é chegar ao final do jogo e ganhar. Desportivamente queremos estar nos grandes momentos, nas fases finais das várias competições, é o nosso desejo, tanto no campeonato, como na Taça de Portugal e na Taça da Liga. Sabemos a dificuldade disso, mas não vamos desistir.”  

O regresso do  professor Carlos Pinto
“Foi muito simples. Juntaram-se dois fatores muito importantes. O nosso primeiro ato no exercício da função foi tomar a opção do treinador principal que, aquando da construção da equipa, manifestou o seu interesse em contar com o professor Carlos Pinto. Para nós é uma satisfação muito grande, o Carlos Pinto é uma pessoa que trabalhou durante muitos anos no nosso basquetebol, todos nós lhe reconhecemos imensas competências e qualidade. E o nosso treinador principal, o João Figueiredo, também e ficamos muito satisfeitos por isso.” 
 

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Oliveirense jogou no Torneio do Centenário do Beira-Mar
26/09/2022
Álvaro Rocha eleito presidente
26/09/2022
Martinez garantiu o ponto a acabar
26/09/2022
Filipe Alves multado e suspenso por 23 dias
26/09/2022
Vítima teve de ser desencarcerada
26/09/2022
Sem-abrigo de novo ao relento
26/09/2022
Vilarinho de S. Luís é ‘Aldeia de Portugal’
26/09/2022
Ao lado da comunidade oliveirense há 15 anos
26/09/2022
PUB