Estradas continuam muito degradadas

Freguesias Pinheiro da Bemposta

A degradação das estradas foi o assunto mais discutido na Assembleia da União das Freguesias de Pinheiro da Bemposta, Travanca e Palmaz, no dia 28 de setembro. Da bancada de ‘O Nosso Partido é a Nossa Terra’, Adalberto Caçoilo referiu o mau estado da Rua Dr. José Pereira Tavares devido aos trabalhos feitos pela Indaqua. José Lourenço mencionou ainda as valetas na Rua dos Meeiros, que se encontram com “buracos de cerca de 70 centímetros”. Eduardo Ferreira, do mesmo partido, focou a necessidade de alcatroamento na Rua Futebol Clube Pinheirense e o perigo na Minhoteira, criado pela lama e deslizamento de pedras devido a correntes de água. Já Cátia Monteiro questionou a garantia das obras de pavimentação da Rua dos Ferreiros, feitas em maio, e o Caminho da Corga, em Ferreiros, que está escorregadio. A presidente da Junta, Susana Mortágua, esclareceu que quando as ruas são intervencionadas “espera-se que as entidades se organizem” antes de proceder à pavimentação, mas que “nem sempre tem resultado”, disse, adiantando que terão de proceder a uma coordenação a nível da comunicação. Quanto às valetas na Rua dos Meeiros, a presidente está em “comunicação com a Câmara” para a sua execução. Respondendo a Eduardo Ferreira, a líder do executivo adiantou que existe uma empreitada de uma área de 65 mil metros quadrados de pavimentação em procedimento e garantiu uma intervenção na limpeza da valeta na Minhoteira para impedir o corrimento de lama. Susana Mortágua acrescentou ainda que a situação do Caminho da Corga está pendente. José Lourenço abandonou a assembleia José Lourenço (O Nosso Partido é a Nossa Terra) abandonou a Assembleia após o presidente da Mesa, António Choupeiro, ter reproduzido o vídeo da última, com o intuito de mostrar a atitude do primeiro. Ao que tudo indica, ambos iniciaram uma discussão onde José Lourenço questionou a conduta de atuação do presidente e este respondeu-lhe que “estaria a passar um atestado de burrice”. Inclusive, António Choupeiro propôs, um voto de repúdio pela atitude de José Lourenço, que foi aprovado com quatro votos contra da bancada de ‘O Nosso Partido é a Nossa Terra’. José Lourenço acusou o presidente de mesa de “cumprir uma ilegalidade” por ter levado o voto diretamente para aprovação.

Partilhar nas redes sociais

PUB
Últimas Notícias
DIRETO > CARNAVAL DE VERÃO EM PINDELO
26/06/2022
João Paredes despede-se da Oliveirense e ruma ao Feirense
25/06/2022
CONCERTO DA BANDA MUSICAL DE FAJÕES COM 'VOZES DA RÁDIO'
25/06/2022
Maga e Miguel Pinheiro são reforços na Oliveirense
25/06/2022
Daniel Dias é vice-campeão nacional de Contrarrelógio
24/06/2022
Marcelo Marques vai continuar na Oliveirense
24/06/2022
Na área de acolhimento empresarial Ul/Loureiro
23/06/2022
André Martins é o novo treinador do Futsal de Azeméis
23/06/2022
PUB
PUB