‘Festa na Aldeia’ logo no ínicio de setembro

Concelho

Teresa Pouzada apresentou todos os detalhes na Azeméis TV/FM

Teresa Pouzada, diretora executiva da Associação de Desenvolvimento Regional Integrado das Terras de Santa Maria (ADRITEM), esteve nos estúdios da AzeméisTV/FM, para apresentar o ‘Festa na Aldeia’. O evento, que vai regressar ao Parque Molinológico, em Ul, entre os dias 03 e 04 de setembro, promete muitas novidades.

O esperado regresso do ‘Festa na Aldeia’

“Tivemos dois anos que não podemos fazer o ‘Festa na Aldeia’ como gostaríamos, mas felizmente em 2022 dá-nos oportunidade de voltarmos à festa e ao convívio. Apresentar o trabalho das associações, daquilo que fazem, e regressar aquele parque maravilhoso. Este ano não vamos poder fazer a dinâmica da festa e de apresentar o Parque Molinológico, em todos os seus núcleos. Porque nós estamos a financiar um projeto em Travanca, a Associação do Parque Molinológico está a recuperar a zona onde nós fazíamos o ‘Festa na Aldeia’.  Por isso vamos concentrar o evento no núcleo principal, em Ul.”   

Um fim de semana para todos os gostos
“Esperamos que este regresso seja forte, que não fique abaixo das expectativas. Vai ser muito na mesma linha, teremos um sábado muito direcionado ao público mais jovem, com um concerto à noite, proporcionado com os OMIRI. E no domingo será um dia mais direcionado às famílias, mais popular. É um fim de semana com aquilo que melhor temos do mundo rural para oferecer, da ligação do ambiente e à paisagem. Com boa gastronomia, com o mercado tradicional da aldeia, do artesanato e da parte agroalimentar.”

O importante papel das coletividades
“O projeto nasce com as associações, este já nem é um evento nosso, é sim um projeto de cada um que de forma colaborativa faz acontecer o ‘Festa na Aldeia’. Nós lideramos o projeto com a câmara municipal, mas todas as associações contribuem positivamente, com ideias, com aquilo que gostariam que o ‘Festa na Aldeia fosse. Sendo assim, este um trabalho que resulta do trabalho com a comunidade.”

Um projeto colaborativo
“Este é um projeto colaborativo, que é uma oportunidade para as pessoas terem algum rendimento, desde o artesanato, ao agroalimentar e até as associações terem algumas receitas. Só que, neste esforço conjunto, nós pedimos que cada um contribua, até no sentido de promover aquilo que faz. No passado já pedimos às bancas para ajudar na decoração do espaço, este ano o desafio que fizemos foi que cada uma nos propusesse alguma coisa para a dinamização da festa. Por exemplo os workshops, ou outros elementos de animação para atrair mais pessoas.”
 

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Banda de Música de Loureiro vai está presente nas festas em honra de Nossa Senhora de La Salette
8/08/2022
Três anos de projeto e nove meses de obras
8/08/2022
‘Carlos Osório’ certificado com a placa ‘Silver’
8/08/2022
Zé Pedro já assiste
8/08/2022
Borges é reforço
8/08/2022
Dupla reforça Futsal de Azeméis
8/08/2022
Pedro Silva continua ao leme do Carregosense
8/08/2022
Igreja Matriz renovada
8/08/2022
PUB
PUB