Francisco Azevedo avança para o segundo mandato

Exclusivos Futebol Futebol Clube Cesarense

https://youtu.be/7NtqLYNfUdA Francisco Azevedo vai avançar com uma candidatura para o segundo mandato à frente dos destinos do FC Cesarense nas eleições que devem ter lugar no próximo mês de junho. O apoio e as palavras de incentivo que o dirigente, de 27 anos, recebeu na assembleia geral realizada recentemente contribuíram para esta tomada de decisão, conforme confessou no programa ‘Desporto em Análise’, conduzido por Hermínio Loureiro, na Azeméis TV/FM. Francisco Azevedo acredita “ser a melhor solução para o Cesarense” neste momento. Ana Catelas Francisco Azevedo lembrou que, no primeiro ano do mandato, as dificuldades foram “muitas” com “vários processos em tribunal e dívidas sempre a aparecer”. “Foi difícil conciliar a gestão desportiva com a gestão financeira, mas felizmente correu tudo bem”, admitiu o presidente, destacando o papel da advogada Helena Terra, que acompanhou o clube, numa primeira fase, durante o processo em tribunal. O Processo Especial de Revitalização (PER) foi a “solução” para os “problemas” do emblema de Cesar, que tinha uma lista de 20 credores e as dívidas rondavam os 337 mil euros. Com o PER aprovado, o Cesarense viu reduzido para metade aquele valor que terá de ser pago em 150 meses e com uma prestação mensal de 1300 euros. O Cesarense, que é uma entidade certificada pela FPF com quatro estrelas, tem, esta temporada, a equipa de Sub. 15 a disputar a Taça Nacional e, na época 2017/2018, teve a equipa de juniores a competir na 1º Divisão Nacional naquele que foi o “auge” do clube em termos de formação numa altura em que contava com “mais de 300 atletas” nas camadas jovens. “O ano passado terminámos com 132 atletas. Este ano começámos com 150 e queríamos aumentar para os 200 atletas. Quando regressámos, a 19 de abril, tínhamos cerca de 120 atletas”, contou Francisco Azevedo, que pretende iniciar a próxima época com 200 jogadores nas equipas de formação. Com o objetivo de manter os Sub. 15 no Campeonato Nacional, no que toca à equipa sénior o presidente almeja construir um plantel que “dignifique” o Cesarense e se mantenha “nos primeiros lugares” da tabela. Fim do protocolo com a Oliveirense “surpreendeu” Há duas temporadas, o FC Cesarense assinou com a Oliveirense um protocolo de cooperação que permitia ao emblema de Cesar receber jogadores do clube da II Liga e possibilitava à Oliveirense utilizar as instalações do Mergulhão para treinar. Francisco Azevedo explicou que ficou “surpreendido” com a decisão da Oliveirense de cancelar o protocolo uma época depois do seu início. “Nós estávamos satisfeitos com o protocolo”, garantiu o presidente do emblema alvinegro, referindo que tudo aconteceu quando o clube tentava preparar a época 2020/21. “Tentámos perceber como ia ser e senti sempre uma indefinição muito grande da Oliveirense até que enviei um email e fomos surpreendidos com a resposta a dizer que não estavam interessados em continuar com o protocolo. O presidente da Oliveirense alegou discordância na escolha da equipa técnica quando nós queríamos era que continuasse o treinador Nelson Pinho”, revelou Francisco Azevedo. “Ficou a mágoa por não terem feito as coisas de outra maneira”, concluiu o presidente do Cesarense.

Partilhar nas redes sociais

PUB
Últimas Notícias
DIRETO > CARNAVAL DE VERÃO EM PINDELO
26/06/2022
João Paredes despede-se da Oliveirense e ruma ao Feirense
25/06/2022
CONCERTO DA BANDA MUSICAL DE FAJÕES COM 'VOZES DA RÁDIO'
25/06/2022
Maga e Miguel Pinheiro são reforços na Oliveirense
25/06/2022
Daniel Dias é vice-campeão nacional de Contrarrelógio
24/06/2022
Marcelo Marques vai continuar na Oliveirense
24/06/2022
Na área de acolhimento empresarial Ul/Loureiro
23/06/2022
André Martins é o novo treinador do Futsal de Azeméis
23/06/2022
PUB
PUB