Oliveirense venceu o FC Porto no prolongamento

Basquetebol Desporto

Num confronto de candidatos ao título, Oliveirense e FC Porto não defraudaram num jogo decidido no prolongamento e com as equipas sempre muito próximas no marcador ao ponto de, no final, os dois treinadores concordarem que a vitória podia ter caído para qualquer uma das formações. O coletivo e a coesão defensiva da Oliveirense foram determinantes para a conquista do sexto triunfo consecutivo. Graças à exibição de Bradley Tinsley, no quarto período, o FC Porto levou o jogo para o prolongamento: o base surgiu a cinco minutos do final para marcar 14 pontos consecutivos (quatro triplos e um lançamento de dois pontos). Numa partida em que a Oliveirense, que ainda é bicampeã nacional, confirmou que está em crescendo, o equilíbrio ficou patente não só no marcador, mas também na luta das tabelas (35 ressaltos da Oliveirense contra 36 do FC Porto), onde se destacou Travis Munnings, com 10 ressaltos. Na primeira parte, as equipas alternaram pouco na liderança do marcador com os azuis e brancos a liderarem na maior parte do tempo apesar da Oliveirense ter saído na frente para o intervalo. Na segunda parte, os papéis inverteram-se e a Oliveirense, bem comandada por José Barbosa, obrigou o FC Porto a correr mais vezes atrás da liderança do marcador e só não conseguiu a fuga no derradeiro quarto muito por culpa de Tinsley que manteve os dragões no jogo. No prolongamento, os homens de Norberto Alves mantiveram a eficácia total nos lances livres (20 em 20) e acabaram por vencer após Jalen Riley, sob o apito final, falhar o triplo que daria novo empate.

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Do assédio moral no trabalho
29/11/2022
Trabalhar Para Mudar
29/11/2022
Politicamente (in)correto
29/11/2022
Construir o futuro
29/11/2022
Contraditório
29/11/2022
Visão de Futuro
29/11/2022
Património (I)material
29/11/2022
Então, e a economia?
29/11/2022
PUB