Em
Correio de Azeméis

6 Sep 2022

Padre Elias homenageado em Pindelo

Pindelo Destaques Freguesias

Pároco serviu freguesia ao longo de 54 ANOS

No passado sábado, 3 de setembro, um grupo de paroquianos, juntamente com o conselho económico da Paróquia de Santa Maria de Pindelo, realizaram uma homenagem póstuma ao padre Elias da Silva Rocha, pela sua obra e trabalho, ao longo de 54 anos na freguesia de Pindelo.

José Resende, principal promotor da homenagem, recorda o padre Elias com muita saudade, como sendo um homem que “trabalhou muito, deixou muito a nós, aliás imensas pessoas nem fazem ideia do que ele deixou”, acrescentando que era triste se “deixássemos que a pessoa dele caísse no esquecimento (…) por isso decidi prestar esta homenagem, ao falar com a família, com o atual pároco e com o conselho económico, colocamos mãos à obra”, vincou em declarações à Azeméis TV/FM.
Jaime Barbosa, do conselho económico da igreja, aos microfones da Azeméis TV/FM, revela que “o trabalho foi todo deste grupo de paroquianos, nós apenas estivemos na retaguarda, caso fosse necessário.” “A ideia foi boa e acolhida (…) inicialmente o projeto era muito mais ambicioso, mas optamos por algo mais simples, porque ele era uma pessoa muito simples e se assim fosse ele não iria gostar”, segundo o mesmo, a ideia inicial seria um busto em bronze, que se traduziu numa simples placa de homenagem e a atribuição do seu nome ao salão paroquial.
No mesmo dia, além da homenagem, foi rezada uma eucaristia, em honra da memória do falecido padre Elias.

“Esta homenagem tem a haver com a toda a obra que deixou nesta paróquia (…) Graças ao padre Elias a freguesia de Pindelo é o que é hoje, com todas as obras que ele deixou. Portanto, a junta de freguesia tem todo o gosto em associar-se a esta homenagem. E quero reconhecer o trabalho de todos os promotores deste ato. Isto é uma prova que a comunidade pindelense sabe reconhecer os seus valores e quem trabalha pela freguesia e comunidade.”
Gaspar Almeida, presidente da União de Freguesias de Nogueira do Cravo e Pindelo

 

 

 

 

 

“Foi uma honra fazer parte desta homenagem, ajudei em tudo o que consegui para que fosse possível realizar. Conheci muito bem o Padre Elias e era um homem magnífico.”
Manuel Silva, paroquiano pertencente ao grupo que promoveu a homenagem 

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
Do assédio moral no trabalho
29/11/2022
Trabalhar Para Mudar
29/11/2022
Politicamente (in)correto
29/11/2022
Construir o futuro
29/11/2022
Contraditório
29/11/2022
Visão de Futuro
29/11/2022
Património (I)material
29/11/2022
Então, e a economia?
29/11/2022
PUB