Politicamente (in)correto

CHEGA

Manuel Almeida *

Passados que estão os primeiros 12 meses desde as últimas eleições autárquicas, chegou a hora de se fazer uma primeira avaliação a este executivo, que não é nada mais nada menos, que a continuidade do executivo que compôs o anterior mandato, com algumas mexidas irrelevantes.

O executivo Oliveirense ano após ano já nos habituou a duas coisas: desculpar-se com tudo e mais alguma coisa quando as coisas não são realizadas e culpar executivos anteriores pelo actual estado do nosso Concelho. É certo que os executivos anteriores a 2017 têm responsabilidades em algumas áreas, mas passados 5 anos de mudança de cor política é altura de se trabalhar sem se recorrer constantementes a desculpas.
Este executivo socialista continua com as prioridades trocadas, e exemplo disso é a continuidade da atribuição das poucas bolsas de estudo enquanto esbanja 12300 euros em 90 segundos de uma novela… Este valor, dos nossos impostos, daria para apoiar quantos alunos?
Em Oliveira de Azeméis continuamos a expandir a cobertura de abastecimento de água e saneamento em várias freguesias, e ainda bem que assim é, mas o saneamento será depois conduzido para onde? Para os rios? Todos sabemos que as ETARs existentes já ultrapassaram a sua capacidade. Qual será a desculpa deste executivo para continuarmos
com estes atentados ambientais e continuarmos a ser a “fossa séptica” dos concelhos vizinhos?
Uma das promessas dos socialistas Oliveirenses era a construção do novo posto da GNR de Cesar, mas por enquanto não passa de promessa…
E os guarda rios que foram prometidos para vigiar os nossos cursos de água? Até que surgiram, mas pela mão da concessionária de água no concelho.
Podia continuar a lista, mas iria ultrapassar em muito o número de caracteres que me são reservados, por isso apenas deixo um apelo a todos os intervenientes políticos do nosso concelho: façam política séria e tomem decisões que vão de encontro às necessidades dos Oliveirenses e ao desenvolvimento do nosso concelho. Deixem as agendas pessoais de parte e usem o poder que vos foi legitimado nas urnas para servirem o povo e não para servirem-se dele!
* Presidente da comissão política Concelhia do CHEGA
 

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
‘Feirinha de Natal’ levará o encanto a Travanca
25/11/2022
Um ferido numa colisão entre três veículos
25/11/2022
Gonçalo Noites está no caminho de mais uma medalha
25/11/2022
João Paulo Silva sucede a Luís Filipe Oliveira como Presidente da Ordem dos Advogados
25/11/2022
Filipa Oliveira é vice-campeã do mundo em Acrodance
25/11/2022
“Parque Natal”: espetáculos com levantamento prévio de bilhetes
24/11/2022
Mau tempo vai deixando marcas no concelho
23/11/2022
Nadador da Oliveirense é campeão regional
23/11/2022
PUB