Em
Correio de Azeméis

27 Jan 2022

SC Bustelo celebra o centenário do clube e apresentou a camisola que assinala o seu centenário

Destaques Exclusivos Desporto

> Com uma nova camisola no equipamento

De acontecimentos se faz a história, e para Bustelo o dia 22 de março de 1922 é um marco importante dessa mesma história, é o dia em que o Sporting Clube de Bustelo nasceu. Isabel Godinho, presidente do clube, e António Godinho, membro da direção, estiveram nos estúdios da Azeméis TV/FM para recordar um pouco do passado do clube, que este ano comemora o seu centenário, e fazer uma análise da atual época ainda a decorrer.

Bustelo já apresentou a camisola que assinala o seu centenário
Quem assistiu ao jogo do Bustelo com o RD Águeda, no passado domingo, no Campo da Quinta do Côvo, já viu a nova camisola do equipamento que vai marcar, ao longo deste ano de 2022, o centésimo aniversário do clube. A camisola tem as cores do clube — o amarelo e o preto — e em marca de água tem o símbolo do Bustelo e faz referência ao centésimo aniversário.
Numa publicação no facebook, o SC Bustelo enaltece e agradece “toda a ajuda por parte dos nossos parceiros oficiais, mas em especial à IPLAZ Plásticos pelo patrocínio destes magníficos equipamentos”.

As dificuldades de financiamento
“A IPLAZ é, sem dúvida, um grande apoio, mas tem sido complicado arranjar patrocínios. Há pouco dinheiro, as empresas, no geral, não podem ajudar, não está fácil para ninguém atualmente. Temos de nos sujeitar, se só temos ‘10’, não podemos gastar ‘20’.”
Isabel Godinho, presidente do clube

A festa do centenário
“Queremos fazer um jantar, apesar de todos os constrangimentos devido à situação pandémica, o objetivo é bater o recorde de quando fizemos 90 anos em que foram 500 e tal pessoas. No primeiro jogo em casa deste ano também há uma novidade, vão ser estreados os equipamentos do centenário. Equipamento esse que tem uma marca de água a dizer 100º aniversário e é mais uma vez uma oferta da IPLAZ, que é um dos nossos grandes patrocinadores. Também terá por baixo do emblema as datas 1922-2022.”
António Godinho, diretor desportivo

Atual momento desportivo
“O que falta ao Bustelo é um ponta de lança. Este ano o Bustelo é uma equipa muito jovem, jovens com qualidade, mas não conseguimos durante esta época arranjar um ponta de lança fixo, que seja matador na hora ‘H’, porque a jogar à bola a qualidade está lá. Ainda no último jogo perdemos 2-1, no entanto, olhando para os dados estatísticos, nós tivemos muito mais lances de perigo do que o adversário. Falta-nos a eficácia.” 

“Era muito mais vantajoso se jogássemos na série norte” 
“Do ponto de vista das receitas era muito melhor estar a norte, isso significava menos despesas de deslocação e mais receitas de bilheteira. Por exemplo, no jogo em que fomos a Oliveira do Bairro, estavam lá 10/15 pessoas do Bustelo, enquanto se fosse em Cesar ou Cucujães estariam muito mais pessoas.”
António Godinho, diretor desportivo

Partilhar nas redes sociais

Últimas Notícias
José Costa, bombeiro oliveirense, homenageado com mérito profissional pelo Rotary Club de Oliveira de Azeméis
28/01/2023
Dois feridos numa colisão em Macieira de Sarnes
28/01/2023
Serginho é reforço e já treina na Oliveirense
27/01/2023
Cesar recebeu torneio de semirrápidas
27/01/2023
Congresso da Indústria de Moldes regressa a Oliveira de Azeméis
27/01/2023
Homem detido por furto em estabelecimentos comerciais
26/01/2023
Inscrições abertas para o 3º “Street Food & Beer
26/01/2023
Miura, jogador de 55 anos, já está em Oliveira de Azeméis
26/01/2023